Cobertura de terceiros: principais dúvidas de segurados VÍDEO

Assista vídeo sobre as principais dúvidas dos segurados a respeito da cobertura de terceiros no seguro de automóvel!

Esta semana fizemos um novo vídeo a respeito das principais dúvidas dos segurados sobre a cobertura de terceiros no seguro de automóvel. Abaixo você assiste a resposta das perguntas:

  1. O que a cobertura de terceiros cobre?
  2. Quando posso usar a cobertura de terceiros?
  3. Posso usar a cobertura de terceiros para mim mesmo?
  4. Quais os custos para usar a cobertura de terceiros?
  5. Posso usar a cobertura de terceiros se for processado pelo terceiro?

Confira e escreva suas dúvidas nos comentários! :)

Cotação Seguro Terceiros

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School). Atualmente faz especialização universitária em Law & Economics (UNICAMP), sendo também associada à Associação Brasileira de Direito e Economia (ABDE). É fundadora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros e pesquisadora independente na temática de insurance market.

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

8 respostas para Cobertura de terceiros: principais dúvidas de segurados VÍDEO

  1. marco normanha diz:

    Posso utilizar meu carro reserva do meu seguro mesmo o meu carro esteja sendo reparado por terceiros que são os culpados no acidente

    • Jessica diz:

      Marco, boa tarde!

      Recomendamos que contate o corretor de seguros que cuida da sua apólice para que ele verifique para você as regras de utilização do seu carro reserva.
      Quando o carro reserva é cobertura contratada, na maioria das seguradoras é possível utiliza-lo mesmo que entre como terceiro em outro seguro, desde que o reparo atinja a franquia do seu próprio seguro. Seu corretor poderá checar se a sua seguradora trabalha com esta regra.

      Apoie nosso projeto!
      Inscreva-se em nosso canal no Youtube!
      Assista aqui: https://www.youtube.com/watch?v=bPR6YHdizxg

      Atenciosamente,

  2. Marilene diz:

    Como proceder para entrar como terceiro no seguro de outra pessoa que causou dano ao meu veículo, se ela já pediu seguro do seu automóvel.
    Quanto tempo pode levar para a resolução do caso?

    • Jessica diz:

      Marilene, boa tarde1

      Respondemos sua primeira pergunta no seu primeiro comentário. Peço a gentileza de dar uma olhada lá ;)

      Sobre o tempo que leva para o sinistro de terceiro ser liquidado, depende de vários fatores, como por exemplo, grau de complexidade dos danos ao veículo (se for um dano muito grande ou que afetou parte mecânica/motor, pode demorar para fazer o orçamento e para a seguradora fazer a análise para liberação do conserto), entrega da documentação (de responsabilidade do terceiro/segurado), disponibilidade de peças no mercado (de responsabilidade do fabricante), etc. Por isso o ideal é providenciar toda documentação solicitada pela seguradora o mais rápido possível e depois disso já solicitar uma primeira estimativa de prazo para entrega do veículo à oficina, para poder cobrar a seguradora e oficina ao longo do atendimento.

      Inscreva-se em nosso canal no Youtube com dicas sobre seguros: clique aqui!

      Atenciosamente,

  3. Cinthia diz:

    Por distração, colidi com um veículo que encontrava-se estacionado na garagem do condomínio onde moro. Acionei meu seguro para consertar o carro do meu vizinho, que fez a vistoria e deixou o carro na oficina para o reparo no parachoque, nada que comprometesse a utilização do mesmo. Ocorre que agora, a mulher dele me mandou uma mensagem informando que a oficina solicitou 12 dias para reparar o carro e que o marido dela necessita do carro para trabalhar. Pediu para que eu verificasse a possibilidade de um carro reserva junto a seguradora. O BB Seguro Auto diz que não oferece carro reserva para terceiros. O carro deles possui seguro, mas eles não querem utilizar o benefício do carro reserva pelo seguro deles (desconheço a seguradora) pois alegam que futuramente caso necessitem não poderão utilizar este recurso novamente e me perguntaram se eu não arcaria com o custo do aluguel pelo período que o carro estiver na oficina. Hora nenhuma eles mencionaram que o carro era instrumento de trabalho, o carro não estava impossibilitado de ser utilizado e eles só entraram em contato comigo após terem deixado o carro na oficina! Estou de boa fé, prestando toda a assistência atraves da seguradora, desde o dia da colisão! É minha obrigação pagar pelo aluguel do carro? Eu posso responsabilizar a seguradora?

    • Jessica diz:

      Cinthia, boa tarde!

      Seu seguro não cobrirá carro reserva para o terceiro, a não ser que tenha contratado cobertura opcional para isso.
      Caso você não tenha como indenizar esse carro reserva a ele, ele pode tentar cobrar você através de um processo jurídico, porém terá que comprovar a necessidade de uso desse carro para trabalho e meio de renda. Dependerá da análise do juiz, que se for favorável ao terceiro dirá quanto você deve indenizar ao terceiro. Se por outro lado o juiz considerar a cobrança inadequada, você não terá que indenizá-lo.

      Quando for renovar seu seguro, peça uma cotação conosco: clique aqui!

      Ficamos a disposição!

  4. Luiza diz:

    Bom dia.
    No vídeo postado sobre terceiros tem uma situação parecida com a minha, porém eu não tive culpa, e no vídeo é sobre quem tem culpa.
    Aconteceu o seguinte:
    Me envolvi em um engavetamento, mas sem culpa. Parei atrás de um carro, e o carro que veio atrás de mim me jogou no carro da frente.
    O motorista de trás assumiu a culpa no B.O., mas não assumiu para a associação que assegura o carro dele.
    Vendo que não iriam me pagar, acionei a minha seguradora, e eles resolveram o meu problema. Mas o carro da frente não tinha seguro, e como viu que a associação do que me jogou nele também não vai resolver o problema dele, decidiu entrar com uma ação contra mim, para que eu pague, mesmo tendo mandado ele procurar a minha seguradora para consertar o carro dele. A seguradora se negou, dizendo que a culpa não foi minha, então não seria atendido.
    Se eu perder o processo e o juiz me obrigar a pagar o conserto dele, a minha seguradora (da qual não sou mais cliente depois do acidente), cobre o que terei de pagar para indenizar o motorista da frente?

    • Jessica diz:

      Luíza, boa noite!

      Neste outro vídeo nós explicamos de quem é a culpa em um engavetamento (assista aqui). Pela sua descrição, entendemos que o culpado pelo engavetamento no seu caso foi o último veículo da fila, que empurrou seu carro contra o da frente. Este último veículo, a nosso ver, é responsável pelo próprio carro dele, pelos danos a seu carro (devendo lhe ressarcir a franquia do seu seguro) e pelo carro a sua frente.

      Se a descrição do acidente no Boletim de Ocorrência constar desta forma, sua seguradora realmente continuará negando a indenização do carro a sua frente, pois você não é considerada culpada e, portanto, não tem responsabilidade pelos prejuízos sofridos. Ainda assim, caso esta pessoa venha a processar você para tentar receber na Justiça, você estará amparada: se por ventura vier a perder a causa, poderá usar a cobertura de danos materiais a terceiros do seu seguro (até o limite máximo contratado) para pagar a indenização determinado pelo juiz.

      Recomendamos que entre em contato com sua seguradora e solicite os números de protocolos e outros registros onde constem motivos da negativa da indenização ao carro a sua frente. Tudo isso poderá servir de material para num possível processo. Recomendamos também que contate um advogado para maiores esclarecimentos, se necessário.

      Ficamos a disposição!

Estamos de volta! Envie sua pergunta e responderemos toda sexta-feira. E por favor retribua nossa ajuda compartilhando nossos canais com amigos e familiares! :D

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *