Como funciona o seguro de câmera fotográfica? É caro?

Saiba como funciona o seguro de câmera fotográfica e descubra se o preço é acessível

como funciona o seguro de camera fotografica

A procura pelo seguro de câmeras fotográficas e filmadoras tem crescido bastante, não apenas entre os fotógrafos profissionais como também entre amadores. É um seguro muito importante na medida em que levamos a câmera de um lado para outro, o que a expõe a diversos riscos que podem se converter em prejuízo se não tivermos nos prevenido com um seguro adequado a nossas necessidades.

Leia também: “Existe seguro para lentes de câmeras fotográficas e filmadoras?”

Neste artigo você poderá conferir como funciona o seguro de câmeras fotográficas e filmadoras, e ter uma noção de se seu preço é acessível em termos de custo-benefício.

Como funciona o seguro de câmera fotográfica ou filmadora?

O seguro de câmera fotográfica ou filmadora funciona exatamente como um seguro comum: o cliente escolhe as coberturas que deseja, até um limite máximo de indenização que será pago em caso de sinistro.

Quais as coberturas?

No caso do seguro de câmeras fotográficas e filmadoras, há coberturas especiais para esse tipo de equipamento, pensadas especialmente para os riscos a que estão mais sujeitos devido ao tipo de utilização. Além da cobertura básica, que cobre , é possível escolher as coberturas opcionais abaixo:

Leia também: “Existe seguro de câmeras filmadoras? Qual o preço?”

  • Subtração de bens: roubo qualificado ou furto com indícios. Importante ressaltar que essa cobertura não garante situações de perda misteriosa ou furto sem indícios, e também não cobre roubo caso a câmera tenha sido deixada no carro estacionado.
  • Danos elétricos: danos decorrentes de curto circuito, oscilação de energia e outros problemas elétricos.
  • Acessórios: cobre acessórios da câmera, como lentes, bolsas, tripés etc. Saiba mais.
  • Garantia internacional: As coberturas acima valem apenas dentro de território nacional. Para garantir o seguro de sua câmera no exterior, é necessário contratar essa cobertura.

É necessário ter a nota fiscal da câmera?

Sim, para fazer o seguro de câmera fotográfica ou filmadora é necessário ter a nota fiscal do equipamento e dos acessórios. Para contratar o seguro não é necessário apresentar a nota, mas caso venha a ocorrer um sinistro, a seguradora exigirá apresentação da nota fiscal para pagar a indenização.

Caso o equipamento tenha sido adquirido no exterior, o INVOICE substitui a nota fiscal.

 O seguro sai caro?

No geral, o seguro de câmera fotográfica ou filmadora não é caro, principalmente se comparado a ao seguro de outros equipamentos portáteis como smartphones cuja taxação costuma ser maior devido a maior sinistralidade.

Cotação Seguro de Câmera

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School), atualmente faz extensão universitária em Direito e Economia (UNICAMP). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros, associada do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Adicionar aos favoritos o permalink.

22 Responses to Como funciona o seguro de câmera fotográfica? É caro?

  1. Telmo Oliveira diz:

    Olá,

    Estamos fazendo uma cotação de seguro, mas a corretora informou que não cobre roubos ou perdas em viagem ou no processo da prestação de serviço. Para mim não faz sentido ter seguro somente em roubo qualificado, ou seja, que tenha registros fotográficos que demonstrem arrombamento da casa por exemplo. Qual é o método certo para conseguir essa cobertura?

    • Jessica diz:

      Telmo, boa tarde!

      A cobertura de subtração de bens do seguro residencial de fato não cobre furto simples/perda misteriosa, ou seja, furto sem indícios. A cobertura é válida para furto com indícios (sinais de arrombamento, por exemplo) ou roubo qualificado (com emprego de ameaça). Desconhecemos seguradora que garanta cobertura para situações sem indício.

      Podemos cotar o seguro residencial para o senhor e buscar o melhor custo-benefício :)
      Contudo esta regra sobre a cobertura de subtração de bens será conforme acima, por ser norma das companhias.
      Se desejar, clique aqui para cotar.

      Atenciosamente,

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *