Consórcio: conceitos-chave para entender como funciona

CONSÓRCIO - conceitos chave para entender como funcionaConheça os conceitos-chave do consórcio para entender como ele funciona!

Texto de Tarciza Dalcol,

O consórcio imobiliário e o consórcio de carros são ótimas opções para quem deseja adquirir um desses dois bens sem ter que arcar com as altíssimas taxas de juros do financiamentos usuais. Porém, muitas pessoas acham o consórcio difícil de entender – mas não precisa ser assim! Neste post mostraremos os conceitos-chave para entender como funciona o consórcio imobiliário e o consórcio de carros.

Confira e escreva suas dúvidas nos comentários!

Antes de começar…
O que é consórcio?

Consórcio é a reunião de pessoas físicas ou jurídicas, em grupo fechado mediante aquisição de cotas, com a finalidade de propiciar a seus integrantes a aquisição do bem, por meio de contribuições mensais. A contemplação dentro do consórcio pode ser dar por meio de sorteio ou lance, dando ao participante contemplado uma carta de crédito para aquisição do bem.

Abaixo você confere esses conceitos em negrito e alguns outros também importante para entender como funciona o consórcio.

Para saber mais sobre o que é e como funciona o consórcio, recomendamos a leitura deste outro post: “ABC do consórcio: o que é e como surgiu” .

Conceitos-chave do consórcio
(É mais simples do que você imagina!)

Os dois principais conceitos por trás do consórcio são “grupos” e “cotas”. Começaremos por eles:

  • Grupo será a união de consorciados com objetivo de possibilitar a cada participante, através de contribuição de todos, o recebimento de crédito para a aquisição do bem desejável, formando uma sociedade de fato.
  • Cota é a fração com que cada consorciado participa do grupo. Cada cota é identificada através de um número que será utilizado até o encerramento do plano, para fins de sorteios e lances.

O consorciado pode possuir uma ou mais cotas dentro de um mesmo grupo ou de outro, porém não poderá unir crédito de diferentes grupos para aquisição de um único bem.

Outro conceito muito importante no consórcio é o de “contribuição”, “lance”, “fundo comum” e “fundo de reserva”.

  • Contribuição é o valor que o consorciado deve pagar mensalmente à Administradora, mais conhecidos como “amortização mensal”, calculada com base no número de pessoas participantes do Grupo e o prazo determinado como período de contribuição.
  • Lance é a oferta de um percentual sobre o valor total da cota (crédito + taxa de administração + fundo de reserva) que possibilita ao consorciado ser contemplado. Pode ser Livre que é quando o contribuinte oferta o equivalente mínimo de uma parcela ou o máximo do total de sua cota ou pode ser Fixo que é quando o consorciado oferta 40% do valor da cota participando de um segundo sorteio, como segunda chance para tirar sua carta de crédito. Pode ainda ser Diluído que é o ato do consorciado ofertar até 50% do valor do fundo comum, para efeito de baixar os valores de suas contribuições mensais. E, por fim, há o lance Embutido que é o que permite que o consorciado utilize até 30% do próprio crédito almejado, como lance.
  • Fundo Comum é a soma de importâncias pagas pelos participantes referentes à amortização mensal, que se destinam às contemplações, ou seja, à aquisição dos bens.
  • Fundo de Reserva é o percentual para cobrir eventuais insuficiências de receitas. É um valor que, ao final do tempo do plano e, feitos todos os pagamentos – entrega dos bens e quaisquer pendências financeiras com o grupo – se houver restado terá seu saldo corrigido, rateado e devolvido aos contribuintes.

Por fim, o conceito de “taxa de administração” está ligado aos seus custos com o consórcio, e o conceito de “carta de crédito” ao que você ganha com o consórcio.

  • Taxa de administração é a remuneração paga pelo consorciado à Administradora, pelos serviços prestados na organização e gestão dos interesses do grupo. Seu percentual é distinto entre o Consórcio Imobiliário e o Automotivo e, dentro de cada um deles, variável de acordo com o plano adotado.
  • Carta de Crédito é o objeto final do consórcio sendo o documento com valor monetário e que traz o recurso pleiteado pelo consorciado adquirir o imóvel ou bem de seu sonho, entrando como total ou parte do pagamento do bem.

Há ainda alguma outra variável que é considerada na composição de uma plano de Consórcio além das mencionadas?

Sim! No caso de consórcios para pessoas físicas, há ainda o Seguro de Vida que, embora seja um produto dentro do outro, é o que garante aos demais participantes do mesmo grupo e também à família do próprio contribuinte que as despesas decorrentes de seu plano sejam pagas no caso dele vir a faltar.

Como o Consórcio é um tipo de seguro “prestamista”, no caso do consórcio para pessoa física, esse seguro torna-se obrigatório.

O assunto não termina por aqui! Acompanhe mais detalhes sobre esse produto que pode tirar você ou sua empresa do aluguel e possibilitar a aquisição daquele novo automóvel para você ou o seu negócio. Em breve, postaremos mais a respeito dele.

A qualquer momento, fale com um dos especialistas da Muquirana Seguros para fazer seu plano de consórcio ou cotar sua nova apólice com outras coberturas. Ligue 19 3304 9920 ou acesso o chat pelo www.muquiranaseguros.com.br, de segunda à sexta-feira.

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School), atualmente faz extensão universitária em Direito e Economia (UNICAMP). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros, associada do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Adicionar aos favoritos o permalink.

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *