Dica de negócio: Exemplos de pioneiros do e-commerce

Inspire-se para seus negócios e conheça a história dos pioneiros do e-commerce no Brasil

dica de negócio - empresas pioneiras no e-commerce

Muquirana inteligente não sabe apenas economizar, mas também investir. Poupando, cuida. Investindo, multiplica. Está na hora de exercitar esse outro lado dos nossos muquiranas: o investidor. E para isso, nada melhor do que começar falando  de um dos mercados que mais vem se expandindo na última década: o e-commerce (comércio online). Confira a história de algumas empresas pioneiras no e-commerce e inspire-se para seu próprio negócio. Quem sabe não surge uma ideia milionária? (rs!)

Leia também: “Existe seguro para o seu home office?”

No mercado online a competição é grande e é preciso muita dedicação. Você pode começar aí, de sua casa em um home office. Mas sem afobação: todo investimento requer estudo e planejamento para não se converter em frustração e prejuízo. Acompanhar os cases de sucesso do e-commerce brasileiro é uma ótima iniciação.

Lojas virtuais
Das profundezas dos mares cibernéticos
um Submarino verde e amarelo

Com a fusão do Submarino com a Americanas (versão online das Lojas Americanas) em 2006 surgiu a B2W, atualmente a maior empresa de e-commerce do Brasil.

O Submarino foi um dos pioneiros da comércio online no Brasil. Começou como uma livraria virtual em 1999, após a compra por três empresários brasileiros da Booknet, uma livraria online que atuava desde 1995 e já contava com uma carteira de mais de 50 mil clientes. Contava com forte investimento estrangeiro, atuando não só no Brasil mas também no exterior. Isso mudou em 2000 quando alterações na bolsa americana forçaram a suspensão de sua atuação na Espanha, Argentina e México. Seus esforços passaram a se focar somente no Brasil.

A fusão com a Americanas ocorreu em 2006 e atualmente o Submarino é uma das principais lojas virtuais focadas no comércio de eletrônicos.

Novos tempos, novas estratégias
Sites de comunidades de compra,
comparação de preço e compra coletiva

As lojas virtuais como o Submarino trouxeram para o mundo online aquilo que já existia no mundo offline, agora com a comodidade de uma busca mais eficiente e da entrega do produto em casa. Em paralelo a esse movimento novas tendências surgiram na venda de produtos, na busca de explorar o mundo agora interligado pela internet.

linha do tempo do e-commerce no brasil

 

Mercado Livre foi um dos pioneiros em aproveitar essa característica da internet, com uma comunidade de compra. Diferente das lojas online que seguiam a linha tradicional de a própria loja ofertar os produtos, na comunidade de compra os próprios usuários anunciam seus produtos (novos e usados) sendo avaliados e construindo uma reputação dentro da comunidade.

Cotação Seguro Carro - 2

Mas as inovações não se esgotaram aí. No mesmo ano em que nasciam as comunidades de compra, começaram a surgir os sites de comparação de preço, como o Buscapé e o Bondfaro. Nesses sites o usuário pode comparar preços de diferente lojas online, organizando segundo o critério que quiser (menor preço, por exemplo).

Com o crescimento vertiginoso dessas empresas online, grandes empresas do mundo offline passaram a buscar estratégias ainda mais inovadoras para ocupar o mercado online, vendo aí um potencial enorme. É nesse contexto que nascem os sites de compra coletiva como o Groupon e o SaveMe, com uma estratégia de venda baseada fundamentalmente no preço. Através da compra coletiva – muitos usuários comprando de uma só vez um mesmo tipo de produto – atinge preços muito inferiores ao do mercado corrente. Uma estratégia extremamente agressiva que vem sendo questionada por alguns gestores de negócio, na medida em que numa situação dessas nem sempre o negócio aufere lucros. O objetivo principal nesses casos é a tentativa de conquistar novos clientes.

E-COMMERCE NO BRASIL

Inovações no ramo de serviços
O domínio dos cartões de crédito,
os bancos hi-tech e a pioneira nos seguros online

Os sites que vimos até agora são focados na venda de produtos. Não se pode deixar de observar como a internet vem alterando também os serviços. Segundo estudos recentes do IBGE é o setor da atividade econômica brasileiro que mais vem crescendo nos últimos anos, principalmente em termos de geração de emprego.

Os serviços pioneiros na ocupação do mercado online foram os serviços financeiros, a começar pelas grandes redes de cartões de crédito: Visa e Mastercard. E não foi coincidência: a expansão do e-commerce seria bem menos viável sem a evolução de formas de pagamento seguras.

Na cola dos cartões de crédito, tem ocorrido a informatização dos serviços bancários. Os bancos tem investido pesado em tecnologias para disponibilizar seus serviços pela internet, tais quais movimentação de conta corrente, pagamentos etc.

Essa tendência no mundo dos serviços tem se expandido para outros ramos de atividade, como o mercado de seguros. Tanto as seguradoras como as corretoras de seguro vem se inserindo no universo online, com estratégias bastante diversas.

Não deixe de ler também: “Vantagens e desvantagens da venda online de seguros”

No caso das seguradoras, a pioneira na ocupação do mercado online vem sendo a Porto Seguro. Maior seguradora do Brasil junto com a Azul e o Itaú Seguros, a empresa tem se mantido atenta às novas tendências do mercado brasileiro.

Um exemplo claro é o crescimento da venda de dispositivos móveis como smartphones e tablets. Observando esse movimento a Porto Seguro inovou com a criação de seguro específico para esses produtos. Sabendo que o consumidor desses equipamentos é afoito a burocracias, tomou o cuidado de fazer um produto simplificado, porém eficiente – passível de ser ofertado diretamente online sem qualquer prejuízo ao segurado. Neste mesmo sentido a Porto Seguro vem ampliando sua atuação na internet, através da oferta de novos produtos e de uma atuação exemplar nas mídias sociais como Facebook e Twitter.

O case de sucesso da Porto Seguro revela que as transformações geradas pelo e-commerce tendem a ultrapassar o comércio varejista, adentrando também no ramo de serviços. Entretanto, a forma como isso vem acontecendo nos serviços deve ser diferente do comércio varejista, a fim de não se perder em qualidade no atendimento e não desumanizar as relações humanas tão essenciais em qualquer serviço. A Porto Seguro está atenta a essa situação e por isso é grande parceira da Muquirana Seguros.

Cotação Seguro Carro

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School), atualmente faz extensão universitária em Direito e Economia (UNICAMP). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros, associada do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *