Perda total tem que pagar franquia no seguro de automóvel?

Saiba se é preciso pagar a franquia do seguro de automóvel nos casos de perda total do veículo.

Quando uma pessoa vê seu carro dar perda total e tem seguro de automóvel, uma das primeiras perguntas que vem a sua cabeça é “será que terei que pagar franquia?”. Neste artigo você descobre se em caso de perda total você tem que pagar ou não a franquia do seguro e garante seus direitos na hora em que mais precisa do atendimento seguro.

Leia também: “O que é e quando é considerado perda total no seguro de automóvel?”

Em caso de dúvidas, não deixe de escrever nos comentários. Ficaremos felizes em ajudá-lo!

Paga ou não paga franquia?

Em caso de perda total do veículo, o segurado não paga franquia.

A franquia é a participação obrigatória do cliente no seguro. Nos casos em que há o pagamento de franquia, o cliente paga a franquia contratada, e o seguro o restante. Apenas em algumas situações excepcionais, como perda total ou queda de raio, essa participação nos danos não é obrigatória.

Exemplo

Vejamos um exemplo para ajudar a ilustrar: Suponha que você contratou um seguro com franquia de R$ 1.500. Imagine (mas sem zica, hein muquirana!) que bateu seu veículo, que o conserto do carro ficou em R$6.000, mas não chegou a dar perda total. Nesse caso, como não houve perda total você pagará a franquia de R$1.500 e o seguro, a diferença de R$4.500.

Leia também: “3 vantagens pelas quais a franquia reduzida vale a pena”

Agora, suponha que tenha sim dado perda total com danos, por exemplo, de R$25.000. Nesse caso, como houve perda total, você não pagará a franquia de R$1.500, e receberá do seguro o valor integral do veículo que consta na tabela FIPE no mês do acidente.

Faça-já-cotação-do-seu-seguro-de-automóvel

Então, no caso de PT,
recebo valor integral do veículo sem pagar franquia?

Correto! Mas alguns detalhes são importantíssimos para evitar confusões:

  1. Nem sempre o que achamos ser “perda total”, é de fato perda total para o seguro: Para ser considerado perda total, é preciso que o conserto do veículo atinja 75% ou mais do valor do veículo. Às vezes, nos casos de carros de maior valor, o custo do conserto fica super alto, mas não atinge 75% do valor do automóvel. Nesses casos, mesmo o valor do conserto sendo alto, haverá pagamento de franquia, pois não chegou a dar perda total. Para saber mais sobre os critérios que configuram casos de perda total no seguro de automóvel, clique aqui.
  2. A indenização não será necessariamente o preço pago na compra do veículo: Se for considerado perda total, o cliente receberá indenização integral do veículo. Mas isso não quer dizer que receberá o valor que pagou no veículo quando o comprou. O seguro pagará o valor previsto na Tabela FIPE no mês em que o veículo sofreu acidente. A Tabela FIPE é uma referência do preço de mercado dos veículos, que considera diversos fatores, como ano do veículo, modelo, entre outros. Para saber mais como funciona a Tabela FIPE na indenização do seguro, clique aqui.

Sempre procure seu corretor

Em caso de perda total do veículo, sempre procure seu corretor para ajudá-lo na intermediação com a seguradora. Esse é o papel do corretor: garantir seu direitos, com agilidade e eficiência principalmente nos momentos em que você preciso usar os serviços do seguro.

A Muquirana Seguros Online tem um setor especializado só para atendimentos desses casos de sinistro (perda total, colisão, acidentes com terceiros etc.), para garantir que você seja atendido o mais rápido possível e sem dores de cabeça. Se você tem interesse em conhecer nossos serviços, sem compromisso, clique abaixo ou contate-nos! Estamos sempre à sua disposição.

Faça já cotação do seu seguro de automóvel: clique abaixo ou nos contate!

fazer-pedido-de-cotação-de-seguro

atendimento@muquiranaseguros.com.br

(19) 3304 9920

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas pela UNICAMP, é sócia da Muquirana Seguros Online Ltda. e trabalha na área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) com foco em Search Engine Optimization (SEO), inovação na internet e gestão empresarial.
Adicionar aos favoritos o permalink.

22 Responses to Perda total tem que pagar franquia no seguro de automóvel?

  1. mario diz:

    bom dia, em caso de acidente, deu perda total em meu veiculo, mas tenho seguro, e o terceiro fugir e eu nao ter anotado a placa, a seguradora paga o valor do veiculo(pela tabela FIPE) ? ou eles vao cobrar algo de mim ?

    obrigado,

    -nesse caso tenho uma duvida, quem paga entao para a segurador esse prejuizo(é apenas uma duvida) ?

    • Jessica diz:

      Mario, boa tarde!

      Caso você acione seu seguro, no caso de perda total não há cobrança de franquia. Nesse caso o seguro pagará a indenização com base no percentual contratado da Tabela FIPE.
      O único ônus que você terá é que quando for renovar seu seguro será reduzida uma classe de bônus por conta do sinistro.

      Como o acidente foi causado por um terceiro, a seguradora pode vir a procurar o responsável pelo acidente para receber os prejuízos pagos pelo seguro. Porém, esse processo será entre a seguradora e o responsável pelo acidente, não envolvendo o senhor.

      Estamos a disposição!
      Faça a cotação do seu seguro com a Muquirana Seguros Online =)

  2. Rafael diz:

    Boa noite. meu carro deu PT sendo que a tem como recuperar o veiculo a seguradora pode negociar me indenizando e eu recuperar o veiculo em uma oficina particular ? Obrigado !!!

    • Jessica diz:

      Rafael, bom dia!

      Nos casos de perda total normalmente a seguradora paga a indenização integral com base na Tabela FIPE.
      Você pode tentar negociar com ela para que seja feito o conserto ao invés da indenização integral, porém dependerá da aceitação da seguradora.

      Ficamos a disposição!
      Aproveite e faça a cotação do seu seguro de automóvel quando for renová-lo! :)

  3. Chemer Kassem diz:

    Primeiramente parabéns pelo texto Jessica, nos ajudou bastante, obrigado. Porém ainda tenho uma dúvida. Meu tio teve seu veículo envolvido em um acidente e o seguro constatou perda total. O seguro pede uma conta bancária para fazer o depósito da indenização, porém meu tio não tem conta bancária e não pretende de abrir uma. Gostaria de saber se a indenização pode ser paga através de contra-recibo ou ordem de pagamento, ou ainda se poderia ser depositada na conta de um parente de 1º grau.

    • Jessica diz:

      Chemer, boa tarde!

      Sua pergunta é bastante importante, obrigada pela participação!

      Será necessário solicitar à seguradora um cheque nominal e cruzado para poder ser endossado e depositado numa conta de terceiro.
      Importante: Como esse não é um procedimento padrão, é necessário que esse processo seja feito com intermediação do seu corretor de seguro, pois será necessário comprovar à seguradora que seu tio não tem conta corrente própria o que justifica o cheque no nome de terceiro.

      Se tiver mais dúvidas, nos contate novamente. Quando você ou seu tio precisarem de uma cotação de seguros, contem com a Muquirana Seguros Online! =)

  4. darcio diz:

    mesmo ainda estando do prazo de 90 dias a seguradora paga em dinheiro?

  5. darcio diz:

    por exemplo um amigo meu tinha um carro assegurado, porem numa colisão deu perda total, o seguro vai pagar outro veiculo novo para ele, poderia ser no meu nome esse veiculo?

    • Jessica diz:

      Darcio, veja se a resposta anterior ajudou sua dúvida. Se permanecer alguma questão, volte a nos contatar.

      • darcio diz:

        ajudou sim, obrigado, só fiquei com um pouco de duvida na questão de que quando o seguro for pagar o carro para o segurado, a documentação pode sair no nome de outra pessoa? Desde já agradeço.

        • Jessica diz:

          Darcio, boa tarde!

          A documentação que a seguradora vai solicitar para indenização do seguro será sempre em nome do segurado. No caso de o documento estar em nome de terceiro e a seguradora aceitar fazer o pagamento para o segurado com a carta de “de acordo”, o terceiro apenas terá que reconhecer firma em cartório no documento de compra e venda que está em nome dele, passando o veículo para a seguradora.

          • darcio diz:

            Eu não estou sabendo escrever, vou tentar de outro modo.
            Uma pessoa tem um carro segurado, e por ventura vem a colidir esse veiculo, que da perda total, a seguradora vai pagar outro veiculo zero, porem a pessoa não quer mais o veiculo. Tem como ela vender esse veiculo para outra pessoa, sendo o veiculo faturado no nome do comprador? Agradeço ai pela paciência, Abraço

          • Jessica diz:

            Darcio, bom dia!

            Não se preocupe, são situações com bastante detalhes. Fique a vontade em nos procurar até se sentir mais esclarecido.

            A seguradora não indenizará dando um outro veículo. Toda seguradora irá indenizar o valor do veículo em dinheiro, sendo que o você não tem obrigatoriedade de comprar outro veículo, podendo guardar ou usar o veículo para outra coisa. Sendo assim você não terá necessidades referentes a ter que vender o veículo.

  6. darcio diz:

    o seguro paga um veiculo que deu perda total no nome de terceiro?

    • Jessica diz:

      Darcio, boa tarde!

      Neste caso depende da seguradora onde foi contratado o seguro do veículo, pois cada uma tem um condição geral referente à situação que você citou.

      Algumas seguradoras exigem que na contratação do seguro que o segurado seja o proprietário do veículo ou que tenha um vínculo familiar de primeiro grau (marido, mulher, pai, mãe, filho etc.).
      Algumas seguradoras não tem essa exigência, pagando a indenização mesmo se o documento do veículo estiver no nome de terceiro. Nesses casos, mesmo que o veículo pertença a outra pessoa, o segurado deve ser o principal condutor ou alguém com vínculo familiar de primeiro grau.

      A respeito da indenização, normalmente a seguradora paga ao proprietário legal do veículo. Em caso de o segurado não ser o proprietários do veículo, algumas seguradoras podem pagar através de uma carta de “de acordo” fornecida pelo proprietário para que se pague diretamente segurado.

  7. JOSE NIVALDO SILVA DO NASCIMENTO diz:

    gostaria de saber se quando e perda total vai depender da seguradora do veiculo a cobrança da franquia, ou PT e valido para toda a seguradora de veiculo e não pode cobrar franquia.
    o meu deu perca total não dar para recuperar nada virou lixo ou sucata mais a seguradora estar cobrando franquia .
    repito o carro deu PT não dar para recuperar. eu e a seguradora sabemos que o carro é apenas sucata. tem lei que obriga a empresa de seguro pagar. O é só o contrato que estabelece as regras.

    • Jessica diz:

      Jose, boa tarde!

      Primeiramente, desculpe a demora em responder sua dúvida. Com a correria do Carnaval não conseguimos responder todas as questões antes do feriado.

      Pela nossa experiência até hoje todas as seguradoras com as quais atuamos no mercado, nas condições gerais da apólice não há cobrança de franquia no caso de perda total. Desconhecemos até o momento qualquer seguradora que cobre franquia em caso de perda total.

  8. Guilherme Souza diz:

    Bati o carro deu PT não houve vitima e a pessoa que bateu em mim foi embora, sendo ela a culpada, é obrigatório realizar B.O?

    • Jessica diz:

      Guilherme, boa tarde!

      Muito chata a situação, mas ainda bem que não houve vítimas!

      Mesmo não havendo vítima, quando há uma batida de grande proporção e até pelo fato do seu carro estar dando perda total a seguradora irá exigir o Boletim de Ocorrência para fazer o pagamento da indenização.

  9. Bruno Oliveira diz:

    Bati meu veiculo e deu perda total porem optei por fazer substituicao de garantia nesse caso paga a franquia?

    • Jessica diz:

      Bruno, bom dia!

      Dentro do nosso conhecimento, quando o veículo dá perda total todas as seguradoras fazem o cancelamento da apólice. Se você comprar um novo veículo, você terá que fazer um novo seguro por uma vigência de um ano, sendo que se sua apólice tiver bônus, a seguradora deduzirá uma classe de bônus e você poderá usar esse bônus na contratação desse novo seguro. Isso dentro de um prazo de validade determinado por cada seguradora.

      Não temos nenhuma informação sobre o que seria substituição de garantia com pagamento de franquia. O que sabemos dizer é que em caso de perda total do veículo, não há pagamento de franquia.

      Por favor,c aso permaneça alguma dúvida ou queira esclarecer melhor o caso, contate-nos novamente.

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: informe a data do vencimento do seu seguro e nos dê a chance de cotá-lo para você! Todas dúvidas são respondidas.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>