Perda total veículo terceiro: como funciona a indenização?

Assista vídeo explicativo sobre como funciona a indenização integral da vítima quando ocorre perda total do veículo do terceiro!

Quando ocorre perda total do veículo do terceiros surgem muitas dúvidas sobre como é feita a indenização integral do veículo da vítima. No vídeo desta semana respondemos as principais questões sobre esse assunto.

Aproveite e faça seu seguro de terceiros com a gente!

Cotação Seguro Terceiros - 2

As dúvidas tratadas no vídeo são as seguintes:

  • É obrigatório o uso da Tabela FIPE como referência para indenização do carro do terceiro?
    Apesar de muita gente pensar que o uso da FIPE é obrigatório, essa informação não confere. O uso da Tabela é obrigatório para indenização do veículo segurado quando contratada cobertura de valor referenciado, pois constará essa determinação nas cláusulas contratuais. Para terceiros não existe cláudula que obrigue o uso da Tabela.
  • Então como é feito o cálculo de indenização integral de veículos de terceiros?
    A seguradora poderá propor o uso da Tabela FIPE ou então fazer uma proposta com base em valor médio levantado por ela com pesquisa de preços do carro na região do terceiro. Se o terceiro não concordar com a proposta da seguradora, ele poderá fazer contra-proposta com valor médio levantado em orçamentos feitos pelo terceiro.
  • E se não houve acordo entre seguradora e terceiro?
    O ideal é sempre buscar acordo extrajudicial pois a solução é mais rápida. Porém, se não for possível chegar a um acordo entre seguradora e terceiro, é recomendável o terceiro buscar um advogado para tentar solução via ação judicial.
  • Terceiro paga franquia para receber a indenização?
    Não tem franquia na cobertura de terceiros! Não importa se trata-se de perda parcial passível de conserto ou perda total sem conserto, a vítima não pode ser cobrada de franquia se entrar como terceiro no seguro do causador.

 

 Cotação Seguro Terceiros

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School). Atualmente faz especialização universitária em Law & Economics (UNICAMP), sendo também associada à Associação Brasileira de Direito e Economia (ABDE). É fundadora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros e pesquisadora independente na temática de insurance market.
Adicionar aos favoritos o permalink.

6 Responses to Perda total veículo terceiro: como funciona a indenização?

  1. Jeferson pereira faria diz:

    Quais documentos necessários para Dar entrada na indenização integral para terceiros

  2. Larissq diz:

    Bateram no carro do meu esposo o cara tinha seguro colocamos na seguradora e deu perda total só que o carro está todo atrasado no caso eu tenho queacertar toda a documentaçã atrasada do carro que deu pt ou nao precosa e eles me dao outro?

    • Jessica diz:

      Larissa, boa tarde!

      Desculpe a demora em responder, recebemos muitas dúvidas esses dias!
      No caso de perda total ocorrerá indenização integral do veículo. Para liberação do pagamento da indenização é necessário que o veículo esteja livre de pendências. A seguradora poderá propor de ela quitar multas, IPVA etc. e depois descontar da indenização ou de a senhora fazer a quitação, apresentar os comprovantes e ela pagar a indenização sem descontos.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/yx53w16XnbY

      Atenciosamente,

  3. Cleide Pereira diz:

    Jéssica meu esposo comprou um carro, só que ainda não estar no nome dele, e o carro bateu deu perda total cupa do outro condutor, a indenização vem para o meu esposo ou para o ontigo dono? por conta do documento que não estar no nome dele

    • Jessica diz:

      Cleide, boa noite!

      A indenização integral é paga ao antigo proprietário que consta no documento. Em princípio será necessária autorização expressa do antigo proprietário para que o documento possa ser transferido para o nome da seguradora e a indenização paga ao segurado e não proprietário.

      Caso não seja possível localizar o antigo proprietário, recomendamos informar a seguradora para checar se existe algum caminho alternativo. Porém desconhecemos, havendo casos em que o pagamento da indenização fica “Travado” por conta de o documento estar em nome de pessoa não localizável.

      Quando for fazer seu seguro, peça uma cotação com a gente: http://www.muquiranaseguros.com.br
      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/jZOs_YAyk7I

      Atenciosamente,

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *