Posso escolher entre oficina credenciada ou não no seguro?

posso-escolher-entre-oficina-credenciada-ou-nao-credenciada-no-seguro-de-automovel-2Descubra se você pode escolher entre oficinas credenciadas e não credenciadas ao usar seu seguro de automóvel!

Quando precisam utilizar o seguro devido colisões e batidas, muitas pessoas ficam na dúvida se podem escolher entre oficinas referenciadas e oficinas de livre escolha (não referenciadas pelas seguradoras). As dúvidas mais recorrentes nessas horas é qual a diferença entre os dois tipos de oficina, como funciona o pagamento, e qual a vantagem em escolher entre uma e outra.

Neste artigo trataremos essas dúvidas principais, para ajudá-lo a escolher entre oficinas credenciadas ou não. Se tiver dúvidas ou precisar de ajuda com seu caso, escreva nos comentários ou contate-nos!

Cotação Seguro Carro - 2

Posso escolher entre oficinas credenciadas e não credenciadas?
Quais as diferenças?

A Circular Susep 256/04 prevê que o segurado tem direito de escolher oficinas referenciadas ou não referenciadas (chamadas no seguro de “oficinas de livre-escolha”). Essa informação também consta, obrigatoriamente, nas Condições Gerais (cláusulas contratuais do seu seguro).

Portanto você pode escolher livremente entre oficinas referenciadas ou de livre-escolha. O seguro poderá ser usado para cobrir o conserto em qualquer escolha que você fizer. A diferença está em alguns detalhes, que explicamos abaixo.

O que é uma oficina referenciada?

Oficinas referenciadas são aquelas que são parceiras das seguradoras e por isso são recomendadas pela companhia em casos de sinistro. Há um contrato formal de prestação de serviço da oficina referenciada com a seguradora, que garante ao segurado benefícios sobre os quais falaremos abaixo.

1) Garantia do serviço

No caso das oficinas referenciadas, a garantia de qualidade e segurança do conserto do veículo é dada tanto pela oficina quanto pela seguradora. Como aquela oficina é indicada pela própria seguradora, a companhia também tem responsabilidade sobre a qualidade do serviço prestado.

Nas oficinas de livre-escolha (não referenciadas), a garantia do conserto cabe somente à própria oficina e a seguradora não tem responsabilidade sobre a qualidade do serviço.

2) Acordo sobre orçamento

Outro ponto positivo das oficinas referenciadas é que a aprovação do orçamento pela seguradora costuma ser mais rápida e menos burocrática. Como elas já são parceiras, a oficina trabalha com custos médios aceitos pela seguradora e dificilmente há divergência.

Sobre este assunto, recomendamos a leitura deste outro post: “Seguradora não aprovou orçamento de concessionária: o que fazer?”

3) Diferenciais e Benefícios

A grande maioria das seguradoras oferecem benefícios quando o reparo é feito em oficina referenciada. É uma forma de estimular o segurado a levar o veículo segurado em oficina referenciada e gerar ganho de tempo tanto para ele quanto para a seguradora.

Na maioria dos casos, esse benefício pode ser um desconto na franquia do seguro (que pode chegar em até 20% de desconto, dependendo da seguradora) ou liberação de algumas diárias de carro reserva.

Para saber se sua seguradora oferece algum desses benefícios, cheque a apólice de seu seguro ou peça ajuda para seu corretor. Lembrando que fazendo seu seguro com a Muquirana Seguros Online, você terá assessoria em todos esses pontos se sofrer um sinistro ;)

Como é o pagamento do conserto nas oficinas não referenciadas?
Tenho que pagar algo?

Tanto em oficinas referenciadas quanto em oficinas de livre-escolhas, para consertar o veículo por meio do seguro é obrigatório o pagamento da franquia. A seguradora cobrirá a diferença acima da franquia.

Ainda assim, muitas pessoas que optam por oficinas de livre-escolha ficam na dúvida de como funcionará o pagamento do seguro. Quem paga a conta primeiro? Pago tudo e depois a seguradora paga para mim ou a seguradora paga tudo direto para a oficina?

Em resumo, a seguradora paga tudo diretamente para a oficina, como funciona normalmente no seguro. Independente do tipo de oficina escolhida, a indenização funciona da mesma maneira. Isso significa que você pagará a franquia e a seguradora pagará o restante dos custos à oficina.

O único detalhe importante de se ressaltar é que no caso de escolha por oficina de livre-escolha, será necessário apresentar o orçamento da oficina à seguradora que, por sua vez, confrontará com um orçamento próprio para ver se concorda com os valores em questão. Havendo acordo sobre os valores, o seguro pagará a indenização normalmente. Sobre este assunto recomendamos “Seguradora não aprovou orçamento de concessionária: o que fazer?”.

No caso de perda total, não há franquia, por isso o pagamento da indenização é diferente. Sobre este assunto recomendamos assistir este vídeo: “Indenização integral no seguro auto: Principais dúvidas e respostas”

Cotação Seguro Carro

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School), atualmente faz extensão universitária em Direito e Economia (UNICAMP). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros, associada do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Adicionar aos favoritos o permalink.

46 Responses to Posso escolher entre oficina credenciada ou não no seguro?

  1. Ruan diz:

    posso escolher em receber o valor do concerto do meu carro em dinheiro e eu me virar pra arrumar o carro onde eu quiser?

    • Jessica diz:

      Ruan, bom dia!

      Se o senhor está acionando seu próprio seguro, em princípio a seguradora garantirá o que consta previsto em contrato. No caso, o reparo em oficina referenciada ou de livre-escolha após análise e aprovação do processo de sinistro. Para haver aval para pagamento em dinheiro é necessário fazer proposta à seguradora, a qual poderá ou não acatar devido ao contrato.

      Se o senhor está entrando como terceiro no seguro do causador existe maior flexibilidade de negociação por não haver cláusula contratual que determina a forma de indenização dos prejuízos. No geral as seguradoras optam pelo reparo, mas o senhor pode fazer uma contra-proposta. É necessário checar a um consenso entre terceiro e seguradora.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/XO0vpaZEfJ4

      Atenciosamente,

  2. Fabiano pires do Espírito santo diz:

    Boa tarde , bateram no meu carro e a pessoa possui seguro contra terceiro , levei o carro uma oficina de minha escolha , depois de alguns dias a seguradora me enviou um e-mail solicitando a documentação para quitação do bem pois constatou s perda total , enviei toda a documentação e fiz a transferência do bem para a seguradora que até o momento não me informou quando e quanto irá me pagar , posteriormente recebi um e-mail da seguradora que diz que só irão pagar o prejuízo depois que eu pagar os custos da estadia da oficina . Não vejo sentido porque fui a vítima e ainda tenho que pagar por estadia na oficina ?

    • Jessica diz:

      Fabiano, boa tarde!

      Primeiramente recomendamos verificar se a empresa em questão trata-se de seguradora regular, pois desconhecemos este tipo de procedimento, além de o mesmo ser abusivo. Para saber como fazer esta checagem, confira este outro post: “Consultar seguradora na SUSEP: como fazer e qual a importância”

      Se tratar-se de cooperativa ou associação, e não seguradora regular, recomendamos primeiramente buscar negociar com a empresa informando que o carro já foi transferido, sendo abusivo condicionarem o pagamento da indenização ao acerto das estadias com a oficina depois de o senhor já ter entregue toda documentação e não ter sido notificado disso antes. Recomendamos ainda abrir reclamação na SUSEP.

      Agora, se tratar-se de seguradora regular, recomendamos primeiramente solicitar ajuda do corretor responsável pela apólice do causador. Solicite para ele intermediar a conversa com a seguradora, informando que a cobertura de danos a terceiros deveria lhe garantir o ressarcimento dos prejuízos sem ônus adicionais. O prazo para pagamento da indenização é de 30 dias a entrega da documentação completa pelo beneficiário e que deseja que este prazo seja respeitado.

      Aproveito para lhe desejar um Feliz Ano Novo!!! :D

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/U2RKAUAeRbE

      Atenciosamente,

  3. Willian Gomes diz:

    Boa Tarde
    Tudo Bem?

    Bateram no meu carro e a pessoa que bateu, possui seguro, eu sendo terceiro, a seguradora é obrigada a aceitar a oficina indicada por mim?

    Obrigado

    Atenciosamente

    Willian

    • Jessica diz:

      Willian, boa tarde!

      O senhor tem liberdade para escolher a oficina.
      Se tratar-se de oficina não referenciada da seguradora, será necessário que haja acordo entre oficina e seguradora sobre o orçamento. Se o orçamento estiver muito acima da média de mercado, poderá ser necessário negociar até chegar num senso comum.
      A garantia do serviço também será somente da oficina de livre-escolha. No caso de oficina referenciada a garantia é tanto da oficina quanto da seguradora.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/U2RKAUAeRbE

      Atenciosamente,

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *