Seguro para apartamento desocupado: quais as diferenças?

Saiba como funciona o seguro residencial para apartamento desocupados – em anúncio de aluguel ou venda!

Quando um imóvel está anunciado para alugar ou vender, é comum que ele fique desocupado até encontrar um inquilino ou comprador. Nessas situações o proprietário deve ter atenção no seguro residencial, para não comprometer a garantia de cobertura. Neste post explicaremos quais detalhes o proprietário-segurado deve observar.

Somos especialistas em seguro residencial. Faça sua cotação conosco!

Cotação Seguro Casa - 2

O que é “imóvel desocupado” para o seguro?

Cada seguradora poderá ter seu próprio critério do que é um imóvel “desocupado”. Este critério constará no contrato e poderá ser questionado ao corretor que está atendendo o consumidor-segurado.

No geral, imóveis que ficam sem ocupantes por 30 dias ou mais são considerados como “desocupados” pelas seguradoras e requerem cuidado com as informações abaixo.

O que muda no seguro para imóvel desocupado?

Os principais detalhes a que o consumidor-segurado deve estar atento são o enquadramento e exclusões do seguro para imóveis desocupados.

Enquadramento: As seguradoras que tem aceitação para imóveis desocupados, exigem que seja mencionada esta informação no enquadramento do local de risco da apólice. Dentre as opções disponíveis, tais quais “aparamento”, “casa em condomínio” etc., o consumidor deverá informar que trata-se de “apartamento desocupado” ou “casa desocupada”.

Exclusões: Há ainda seguradoras que excluem cobertura quando o imóvel está desocupado. Neste caso, o consumidor-segurado deve checar se há opção de contratação de cobertura opcional adicional para esse caso. Se não houver, prevalecerá a exclusão e não haverá cobertura em nenhuma circunstância. Por isso para esses casos é recomendado o consumidor procurar outra seguradora que atenda sua necessidade.

A Imagem 2 abaixo traz exemplo deste caso.

Imagem 2 – Condições Gerais Seguro Residencial Tokio Marine, versão OUT02018

Imóvel estava ocupado e não está mais

Pode ocorrer de o inquilino se mudar o imóvel que estava alugado passar a ficar desocupado. Neste caso, é necessário que o consumidor-segurado informe o corretor para que ele faça um endosso de alteração.

Imagem 3 – Condições Gerais Seguro Residencial Tokio Marine, versão OUT02018

Faça cotação do seu seguro residencial com nossos especialistas!

Cotação Seguro Casa

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School), atualmente cursa Programa Avançado em Data Science e Decisão (Insper). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e da Youcons, plataforma inteligente de consórcios; Diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros; Professora na extensão universitária em Direito e Economia da UNICAMP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *