Tabela FIPE: o que é, para que serve e como funciona no seguro?

Saiba qual a importância da Tabela FIPE para a indenização de seu seguro

São recorrentes as dúvidas sobre como a Tabela FIPE influencia a indenização do seguro de automóvel. Por que na hora da indenização o preço do automóvel pode diferir daquele previsto quando o seguro foi contratado (para mais ou para menos, para o regojizo ou tristeza do legítimo muquirana)? O que é, afinal, essa bendita tabela?!

A Muquirana Seguros respondeu às dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Confira e não deixe de nos enviar suas dúvidas e opiniões! =)

 O que é e para que serve a Tabela FIPE?

 A Tabela FIPE é uma tabela de referência para os preços médios dos veículos no mercado nacional. Seus dados são disponibilizados mensalmente após pesquisas de mercado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). 

Ela serve de referência para muitas coisas como, por exemplo, a base de cálculo na cobrança do IPVA. Para o seguro dos muquiranas, sua importância é gigantesca, porque é ela que as seguradoras usam como base para a determinação do valor do automóvel segurado.

Como a Tabela FIPE influencia a indenização do seguro de auto?

A maior confusão sobre a Tabela FIPE é sobre como ela influencia a indenização do seguro. Preste atenção, muquirana, porque isso é muito importante!

A indenização do seguro de automóvel é paga com referência no valor médio da Tabela FIPE (e não valor máximo, como alguns dizem por aí) do mês do pagamento da indenização, e não do mês em que o seguro foi contratado. Por isso o valor da indenização está sujeito a valorização ou desvalorização, conforme o valor de mercado do veículo.

Faça-já-cotação-do-seu-seguro-de-automóvel

Por exemplo: Contratei meu seguro em janeiro, e a Tabela FIPE dizia que meu veículo valia R$25.000,00. Em julho meu automóvel foi roubado e não foi encontrado, de modo que terei direito à indenização. O pagamento da indenização foi liberado no mesmo mês, em julho. Se no mês de julho a Tabela dizia que meu veículo vale R$26.000,00, receberei R$26.000,00 (e não R$25.000,00). Neste caso, saí ganhando por conta da valorização do automóvel. Mas o inverso também pode ocorrer (e é o mais comum).

Vale ainda ressaltar que a Tabela FIPE não considera opcionais do carro, então se seu carro possui rodas diferentes, som alternativo etc., não estarão cobertos na indenização integral a não ser que você contrate cláusula opcional de acessórios.

Outro detalhe: de olho na virada do mês!

Suponha que meu carro foi roubado no finzinho de julho, por isso recebi o pagamento da indenização em agosto. Receberei o valor da Tabela FIPE de agosto e não de julho, porque a indenização é feita com a Tabela do mês do pagamento, e não do acionamento do seguro.

 De 100% à 110% da Tabela FIPE: posso escolher?

No seguro de automóvel é possível contratar até 110% da Tabela Fipe, mas isso depende de diversas circunstâncias e as regras variam de seguradora para seguradora. Contratar mais do que 100% da Tabela FIPE significa que ao receber a indenização por seu automóvel num caso de perda total ou roubo, você receberá 100% + acréscimo escolhido.

Por exemplo, se contratei 105% da Tabela FIPE e meu veículo deu perda total, receberei 100% mais 5% do valor previsto na tabela.

Geralmente a contratação de mais que 100% da tabela é feita para veículos que tem equipamentos  e acessórios diferenciados em relação ao modelo básico de seu carro, ou por pessoas que desejam se precaver dos efeitos da depreciação e/ou desvalorização do modelo do carro.

Como consultar a Tabela FIPE?

Já que a Tabela FIPE é tão importante é fundamental saber como consultá-la. Pensando nisso preparamos este vídeo (clique para assistir) onde ensinamos passo a passo para ver o valor do seu carro na FIPE.

… Quanto detalhe, né camarada muquirana? Daí a importância do corretor de seguros! Não deixe de tirar todas suas dúvidas antes de contratar o seguro. A Muquirana Seguros acredita que transparência é a maior forma de respeito à você!

Faça já cotação do seu seguro de automóvel: clique abaixo ou nos contate!

fazer-pedido-de-cotação-de-seguro

atendimento@muquiranaseguros.com.br

(19) 3304 9920

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas pela UNICAMP e com MBA Executivo em Trends Innovation na Inova Business School. É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, um projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Também desenvolve o canal ZAZ Consórcios, com foco em consórcio de imóveis e automóveis. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros, associada do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.

128 Responses to Tabela FIPE: o que é, para que serve e como funciona no seguro?

  1. Neilson Ribeiro diz:

    Jéssica, boa noite! Sou considerado o terceiro (vítima) de um acidente em que meu veículo deu perda total, eu não possuía seguro, mas a condutora (culpada) do outro veículo sim. A seguradora está oferecendo uma valor abaixo da tabela fipe (cerca de R$2.500,00) alegando fazer ”avaliação de mercado”. Pois bem, pesquisei em vários sites de referência em venda de veículos usados na minha cidade em Brasília – DF, ano, modelo etc… E estão sendo vendidos por incrível que pareça acima da tabela FIPE. Nesse caso, a seguradora não pode estar se valendo de uma avaliação genérica? Se eu recusar essa proposta, a SUSEP pode intervir nessa questão propondo que a seguradora pague pela tabela FIPE, ou sou obrigado a aceitar o valor que ela propõe?

    • Jessica diz:

      Neilson, bom dia!

      Como o senhor é terceiro a seguradora pode propor o uso da Tabela FIPE ou um valor médio levantado em sua região. Quando não há acordo sobre este último, a recomendação é fazer uma contra-proposta com orçamentos na sua região. Geralmente o uso de orçamentos online não costuma dar aceitação pois os veículos podem ser anunciados livremente por valores fora da média, enquanto que anúncios das lojas passam pela avaliação, vistoria etc. Por conta disso geralmente a recomendação que temos para fazer a contra-proposta é de solicitar os orçamentos “formalmente” nas respectivas lojas, pois ajuda na argumentação.

      Se mesmo com os orçamentos “offline” não houver acordo sobre os valores, recomendamos consultar um advogado ou as Pequenas Causas. Eles poderão lhe instruir qual a melhor maneira de proceder e se levando à Justiça qual valor é possível cobrar.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/xnlo91ERSdc

      Atenciosamente,

  2. Liza diz:

    Oi. Meu carro foi roubado. É querem pagar a tabela FIPE. Tá mas quando compramos nosso carro o seguro não é feito pelo valor da FIPE e sim da nota.. Então na hora de receber querem pagar a fipe

    • Jessica diz:

      Liza, boa tarde!

      Recomendamos verificar qual forma de cobertura foi contratada na apólice do seguro: valor referenciado (paga com base na Tabela FIPE) ou valor determinado (paga com base no valor fixo estipulado no momento da contratação).
      A indenização integral deverá ser paga conforme esta informação que consta na apólice.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/-yLWbYM48JM

      Atenciosamente,

  3. Bruna Alves diz:

    Olá, gostaria de tirar uma dúvida..tenho que pagar um valor maior que a franquia para a seguradora em caso de acidente com meu veiculo, por ela repassar uma porcentagem a Fipe?

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *