Tabela FIPE: o que é, para que serve e como funciona no seguro?

Saiba qual a importância da Tabela FIPE para a indenização de seu seguro

São recorrentes as dúvidas sobre como a Tabela FIPE influencia a indenização do seguro de automóvel. Por que na hora da indenização o preço do automóvel pode diferir daquele previsto quando o seguro foi contratado (para mais ou para menos, para o regojizo ou tristeza do legítimo muquirana)? O que é, afinal, essa bendita tabela?!

A Muquirana Seguros respondeu às dúvidas mais frequentes sobre o assunto. Confira e não deixe de nos enviar suas dúvidas e opiniões! =)

 O que é e para que serve a Tabela FIPE?

 A Tabela FIPE é uma tabela de referência para os preços médios dos veículos no mercado nacional. Seus dados são disponibilizados mensalmente após pesquisas de mercado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE). 

Ela serve de referência para muitas coisas como, por exemplo, a base de cálculo na cobrança do IPVA. Para o seguro dos muquiranas, sua importância é gigantesca, porque é ela que as seguradoras usam como base para a determinação do valor do automóvel segurado.

Como a Tabela FIPE influencia a indenização do seguro de auto?

A maior confusão sobre a Tabela FIPE é sobre como ela influencia a indenização do seguro. Preste atenção, muquirana, porque isso é muito importante!

A indenização do seguro de automóvel é paga com referência no valor médio da Tabela FIPE (e não valor máximo, como alguns dizem por aí) do mês do pagamento da indenização, e não do mês em que o seguro foi contratado. Por isso o valor da indenização está sujeito a valorização ou desvalorização, conforme o valor de mercado do veículo.

Faça-já-cotação-do-seu-seguro-de-automóvel

Por exemplo: Contratei meu seguro em janeiro, e a Tabela FIPE dizia que meu veículo valia R$25.000,00. Em julho meu automóvel foi roubado e não foi encontrado, de modo que terei direito à indenização. O pagamento da indenização foi liberado no mesmo mês, em julho. Se no mês de julho a Tabela dizia que meu veículo vale R$26.000,00, receberei R$26.000,00 (e não R$25.000,00). Neste caso, saí ganhando por conta da valorização do automóvel. Mas o inverso também pode ocorrer (e é o mais comum).

Vale ainda ressaltar que a Tabela FIPE não considera opcionais do carro, então se seu carro possui rodas diferentes, som alternativo etc., não estarão cobertos na indenização integral a não ser que você contrate cláusula opcional de acessórios.

Outro detalhe: de olho na virada do mês!

Suponha que meu carro foi roubado no finzinho de julho, por isso recebi o pagamento da indenização em agosto. Receberei o valor da Tabela FIPE de agosto e não de julho, porque a indenização é feita com a Tabela do mês do pagamento, e não do acionamento do seguro.

 De 100% à 110% da Tabela FIPE: posso escolher?

No seguro de automóvel é possível contratar até 110% da Tabela Fipe, mas isso depende de diversas circunstâncias e as regras variam de seguradora para seguradora. Contratar mais do que 100% da Tabela FIPE significa que ao receber a indenização por seu automóvel num caso de perda total ou roubo, você receberá 100% + acréscimo escolhido.

Por exemplo, se contratei 105% da Tabela FIPE e meu veículo deu perda total, receberei 100% mais 5% do valor previsto na tabela.

Geralmente a contratação de mais que 100% da tabela é feita para veículos que tem equipamentos  e acessórios diferenciados em relação ao modelo básico de seu carro, ou por pessoas que desejam se precaver dos efeitos da depreciação e/ou desvalorização do modelo do carro.

Como consultar a Tabela FIPE?

Já que a Tabela FIPE é tão importante é fundamental saber como consultá-la. Pensando nisso preparamos este vídeo (clique para assistir) onde ensinamos passo a passo para ver o valor do seu carro na FIPE.

… Quanto detalhe, né camarada muquirana? Daí a importância do corretor de seguros! Não deixe de tirar todas suas dúvidas antes de contratar o seguro. A Muquirana Seguros acredita que transparência é a maior forma de respeito à você!

Faça já cotação do seu seguro de automóvel: clique abaixo ou nos contate!

fazer-pedido-de-cotação-de-seguro

atendimento@muquiranaseguros.com.br

(19) 3304 9920

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas pela UNICAMP e com MBA Executivo em Trends Innovation na Inova Business School. É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, um projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Também desenvolve o canal Amo Meu Amigão, com foco em seguro saúde para cães e gatos. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros e dirige a Comissão de T.I. do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Marcado .Adicionar aos favoritos o permalink.

120 Responses to Tabela FIPE: o que é, para que serve e como funciona no seguro?

  1. Marcelo ferreira diz:

    Boa Noite Jessica! Uma dúvida!

    Roubaram meu carro, e na apólice (allianz) constava Fipe 100%.
    O valor da tabela fipe no dia do pagamento era de 74.702,00, porém depositaram o montante de 69.673,00. Houve algum erro de cálculo por parte da seguradora?

    • Jessica diz:

      Marcelo, bom dia!

      Recomendamos solicitar ao corretor da apólice ou diretamente com a seguradora se houve dedução de algum valor, por exemplo parcelas a vencer o seguro, multas em aberto, dpvat, licenciamento pendentes etc. O desconto desses tipos de pendências é previsto em contrato.

      Já se não houverem pendências deste tipo, recomendamos questionar a seguradora o motivo do desconto e solicitar o pagamento da diferença. Importante solicitar ajuda do corretor da apólice para lhe ajudar nesses trâmites ;)

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/tBvlFDUco7A

      Atenciosamente,

  2. Jessé Galindo diz:

    Tenho uma duvida, meu carro é ano/modelo 2012/2013, qual é o valor referencia para eu receber o pagamento, 12 ou 13 ?

  3. Léo Oliver diz:

    acabei de fazer um seguro, comprei minha moto em abril deste ano
    ou seja tanto no documento como em outros dados consta como Ano 2016 e Modelo 2016 – no seguro notei q está ano 2015 modelo 2016- no que isso implica?? muda os valor do Fipe?

    * notei q no site da Fipe só poderia constar sendo deste ano se fosse 0km, posso considerar que minha moto é zero apesar de dois meses de uso antes do fechamento do seguro mesmo sendo o ano vigente???

    Me ajudem, pois a diferença na cobertura pelo FIpe é de 1.000 reais. muita coisa não acham??

    • Léo Oliver diz:

      detalhe o seguro foi feito em junho deste ano

    • Jessica diz:

      Léo, bom dia!

      Primeiramente recomendamos solicitar ao corretor responsável pela apólice para fazer um endosso de correção do ano de fabricação do veículo. Se o mesmo é 2016/2016, tem necessariamente que estar enquadrado desta forma (e não 2015/2016) no seguro para não gerar pendências ou eventual recusa em um sinistro.

      Como a moto de ano 2016/2016 possui maior valor que a 2015/2016 esta correção via endosso poderá gerar cobrança adicional no seguro. Contudo, é importantíssimo fazer esta correção para que o valor segurado seja o correto e não haja qualquer problema com a cobertura por divergência de informações no enquadramento do veículo.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/tBvlFDUco7A

      Atenciosamente,

  4. rafael diz:

    Boa noite!

    Bateram no meu carro, o mesmo se encontrava estacionado, e ao avaliar os danos do carro (ultrapassando os 75% da tabela fipe) consideraram perda total. Ao procurarmos a seguradora do condutor do veículo (culpado), nos passaram que após finalizar o processo de analise iriam nos fazer uma proposta de valor.
    Lendo comentários desta pagina, vi que poderia fazer uma contraproposta tendo em vista 3 valores de carros iguais ao que eu tinha. Minha pergunta é, eu posso negar fazer essa contraproposta e exigir que o valor a ser pago seja o tabela fipe?
    E tenho outra pergunta, caso eles desvalorizem meu carro será que não seria melhor eu usar o meu seguro? eu não sendo culpado do acidente e o culpado tendo seguro, eu posso usar o meu? ou o meu pode se negar? tendo em vista que deixei bem claro quem foi o culpado da batida no b.o. realizado no local do acidente.

    Agradeço desde já

    • Jessica diz:

      Rafael, boa noite!

      Que legal que leu os outros comentários! :)

      O senhor pode fazer uma contra-proposta usando a Tabela Fipe. Contudo, pela nossa experiência, quando a seguradora já está oferecendo outro valor diferente da Tabela fipe é porque dificilmente ela acatará o valor da Tabela em uma negociação. Por isso recomendamos fazer os três orçamentos buscando comprovar/reforçar que o valor da Tabela Fipe é o mais próximo da realidade em sua região.
      É importante buscar um acordo entre as partes, seja em torno da tabela fipe ou de outras referências que considere justa. Se não for possível chegar a um senso comum por meio de negociação, recomendamos consultar um advogado.

      Se o senhor possui seguro próprio poderá acioná-lo normalmente se não desejar entrar como terceiro no seguro do causador. Havendo perda total não há franquia e o senhor receberá indenização integral com base no percentual contratado da tabela fipe. Seu único ônus será a perda de uma classe de bônus na renovação quando for refazer o seguro do novo carro (aproveite para cotar conosco!;) ).

      Você pode acionar seu seguro sempre que quiser, independente de ser culpado ou vítima. O unico detalhe é a perda de uma classe de bônus e, nos casos se conserto do carro (e nao perda total) o pagamento da franquia obrigatória.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/1wqFTw0R1xQ

      Atenciosamente,

  5. Marcelo diz:

    Meu carro deu PT e sou terceiro. O seguro paga o valor da tabela fipe ou o valor do mercado? Caso seja o valor do mercado, como faço pra saber qual o valor dele?

    • Jessica diz:

      Marcelo, boa tarde!

      No caso de terceiros não há cláusula contratual que diga se a seguradora deve pagar a Tabela Fipe ou um valor médio de mercado levantado por ela. Por isso ela pode propor qualquer um dos dois caminhos.

      Caso ela proponha um valor de mercado levantado por ela, o senhor pode solicitar para lhe mostrarem quais foram as referencias ou então fazer uma contra-proposta a partir de 03 orçamentos de carros equivalentes ao seu em sua região.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal!
      Assista nosso vídeo aqui: https://youtu.be/dZg1UdTeNm0

      Atenciosamente,

  6. Glaucia diz:

    Boa noite,meu carro foi roubado no final de março,entreguei tds os documentos antes do dia 15 de abril,me pagaram no começo de maio,qual a tabela certa seria de qdo entreguei tds os documentos para a seguradora que seria em abril ou a tabela de maio, atenciosamente glaucia

    • Jessica diz:

      Glaucia, boa noite!

      O seguro paga indenização com base na Tabela Fipe do mês da liberação do pagamento. Por exemplo: se a senhora entregou a documentação em abril mas o pagamento da indenização foi feito em maio, a tabela de referência será a de maio.

      Atenciosamente,

  7. fernando henrique rangel da silva diz:

    esses seguros vem contra queda de arvores , enchentes , e roubo , e colisão porque e isso que vc correr morando aqui em são paulo quando os caras não rouba acontece isso com seu carro sera que esses seguros cobre essas cláusulas

  8. Fernando diz:

    Boa tarde!
    Sou terceiro e minha motocicleta foi considerada PT. Posso retirar acessórios, tais como: bauleto com seu suporte e jogo de ferramentas?

    • Jessica diz:

      Fernando, bom dia!

      Se os itens não forem originais de fábrica podem ser retirados normalmente.
      Itens originais de fábrica não podem ser retirados pois estarão sendo indenizados dentro da indenização integral. Constatando a retirada de itens originais de fábrica a seguradora pode descontar o valor destes itens da indenização.

      Se você não tiver mais acesso a moto, recomendamos que faça uma carta à seguradora solicitando a retirada destes itens e peça para seu corretor encaminhar o pedido a eles.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal!
      Assista nosso vídeo aqui: https://youtu.be/dZg1UdTeNm0

      Atenciosamente,

  9. Gabriel maia diz:

    Boa noite , tenho uma grande duvida , bati de carro e foi constatado PT ( era uma PRISMA Maxx 2008/2009) , a seguradora na hora de pagar o valor do carro pagara o valor de um 2008? Ou o valor do 2009?
    Desde de já agradeço.!

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! Todas dúvidas são respondidas. :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *