Sobre Jessica

Economista (Unicamp) e Corretora (ENS), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School),é desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e Diretora na DM4 Corretora de Seguros.

Danos a terceiros: cobertura para além do veículo segurado

Saiba o que é e como funciona a cobertura de danos a terceiros no seguro de automóvel!

Muita gente não imagina, mas a cobertura de danos a terceiros no seguro de automóvel é tão importante quanto a cobertura do próprio veículo segurado. No post de hoje explicaremos como ela funciona, com exemplos de situações nas quais você agradecerá por tê-la contratado!

Aproveite e faça a cotação do seu seguro conosco! :D

A tal da “RCF-V” da apólice

A cobertura de danos a terceiros aparecerá no seguro com o nome técnico “Responsabilidade Civil Facultativa de Veículos“, comumente abreviada como “RCF-V“.

São três tipos de RCF-V no seguro auto compreensivo: material, corporal e moral.

Elas cobrem prejuízos decorrentes de danos de ordem material, corporal ou moral, que o segurado involuntariamente causar a outra pessoa (“terceiro”).

A cobertura de danos materiais prevê o reembolso de valores reclamados por terceiros devido a danos a bensPor exemplo, colisões com outros veículos, guard rail, muros, imóveis, postes, etc.

Já a cobertura de danos corporais protege dos riscos de lesões corporais a outras pessoas. É o caso de acidentes que ocasionem morte, invalidez, gastos hospitalares, despesas médicas, etc. Por exemplo, atropelamentos, acidentes veiculares com vítimas, colisões com motoboy ou ciclista, dentre tantas outras possibilidades.

A cobertura de danos morais requer que o terceiro vença ação judicial de danos morais com trânsito em julgado contra o segurado em decorrência de sinistro envolvendo o veículo segurado.

cotar-seguro-auto-2021

Continue lendo

Seguro auto: Valor referenciado e valor determinado

Entenda qual a diferença entre seguro de automóvel contratado a valor referenciado e a valor determinado!

Quando fazemos o seguro de nosso veículo, é muito comum contratar uma apólice que garante o valor da Tabela FIPE. Apesar de este ser o caminho mais usual, há outra forma de desenhar seu seguro. No post de hoje falaremos sobre isso, mostrando a diferença entre seguro de automóvel a Valor Referenciado e a valor Determinado.

Vem com a gente e fique afiado!

Modalidades de contratação do seguro auto

No Brasil, os contratos de seguro de automóvel compreensivo devem seguir uma de duas modalidades: Valor de Mercado Referenciado (mais conhecido como “Valor Referenciado”) ou Valor Determinado.

A modalidade de Valor Determinado é menos conhecida do consumidor, sendo a contratação a Valor Referenciado muito mais comum.

Continue lendo

Seguro para lucros cessantes: como funciona?

O seguro empresarial tem muitas coberturas adicionais interessantes para o dono de negócio. Uma delas é a de lucros cessantes.

Você sabe o que é e como funciona esta cobertura? Vem com a gente e descubra!

O que é “cobertura de lucros cessantes”

“Lucros Cessantes” é uma cobertura adicional dentro do seguro empresarial. Isso significa que ela não vem “automaticamente” no seguro, sendo necessário que o consumidor segurado informe o corretor de seguros responsável que deseja incluí-la.

Ela tem por objetivo garantir prejuízos de ordem financeira decorrentes de eventos que impossibilitem o uso do local ou de bens segurados. Vamos por partes:

Cotar Seguro Empresarial – Seguro Empresa

Continue lendo

Tabela FIPE no seguro: o que é e como funciona?

É comum o consumidor ter dúvidas sobre como a Tabela FIPE influencia seu seguro de automóvel. O que é essa Tabela que aparece no contrato? Por que seu valor varia todo mês? Como ela é usada no seguro?

Hoje respondemos essas questões e muito mais. Aproveite e faça sua cotação de seguro auto com a gente!

O que é e para que serve a Tabela FIPE?

A Tabela FIPE organiza os preços médios de veículos no mercado nacional. Ela abrange carros, utilitários, motos, caminhões e micro-ônibus. Seus dados são disponibilizados mensalmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), daí seu nome.

Por ser confiável e de grande abrangência, é usada para muita coisa, por exemplo o cálculo do IPVA, na negociação de veículos usados, etc. No seguro de automóvel ela é importantíssima para precificação e indenização em eventual sinistro.

Continue lendo

Como fazer seguro para home office?

Saiba qual cobertura contratar no seguro para proteger bens profissionais usados no seu home office!

O home office – inglês para “trabalhar em casa” – já era tendência entre autônomos e liberais antes da pandemia da Covid-19. Com o isolamento social imposto pela pandemia, o que era moda se tornou obrigação e uma legião de profissionais se viu forçada a passar a trabalhar de casa.

No post de hoje falaremos sobre como proteger bens profissionais de autônomos ou liberais ou empresas cujos funcionários adotaram o home office.

Cotar Seguro Empresarial – Seguro Empresa

Continue lendo