Carro zero x carro usado: qual tem seguro mais barato?

Carro zero x carro usado: qual tem seguro mais barato?

Já parou para se perguntar se há diferença no preço de seguro para carro zero km e para carro usado? No post de hoje você descobre a resposta!

Se você já contratou seguro para um veículo zero km, deve ter notado que há alguns passos a mais para efetivar a contratação: é necessário informar que o veículo é zero, qual a data de saída da concessionária e, a depender da seguradora, o valor da nota fiscal. Isso ocorre porque o fato de ser zero km influencia diretamente no preço final do seguro e nas coberturas garantidas.

No post de hoje responderemos se o seguro de carros zero km são mais baratos ou mais caros do que de carros usados. Também explicaremos como essa informação influencia as coberturas contratadas.

Aproveite para cotar seu seguro de automóvel com a gente!

cotar-seguro-auto-2021

Seguro de carro zero x Seguro de carro usado

Qual é mais barato?

Ao cotar um seguro de automóvel, o consumidor preenche um questionário com os dados do veículo. Dentre as perguntas está aquele de se o veículo é zero km ou não. A resposta a essa pergunta afeta diretamente o prêmio (preço) final do seguro.

Para exemplificar, fiz dois cálculos na seguradora Azul (do Grupo Porto). Ambos os cálculos são idênticos: mesmo perfil de risco, mesmo veículo e mesmas coberturas. A única diferença está na pergunta sobre zero km: No cálculo da esquerda foi respondido “sim” (é zero km); e no da direita foi respondido “não” (não é zero km).

Veja que, mantendo todas as variáveis constantes, o seguro como zero km é mais barato do que o seguro como usado.

Apesar de este ser um único exemplo, pela nossa experiência atuando com mais de uma dezenas de seguradoras, percebemos que isso acontece praticamente todas.

Carro zero x carro usado: qual tem seguro mais barato?

Cobertura de garantia de zero km

Além de tornar o seguro mais barato, a informação de que o veículo é zero km influencia também a cobertura de casco, pois passa a existir uma cobertura chamada “garantia de zero km”.

Quando o veículo não é zero km:

Suponha que o segurado contratou cobertura de 100% da Tabela FIPE. Se o veículo é usado, em caso de sinistro de indenização integral, a seguradora pagará a indenização com base no valor de usado da Tabela FIPE.

Quando o veículo é zero km:

Agora imagina que ao invés de ser usado, o veículo era zero km e isso foi informado ao seguro. Em caso de sinistro de indenização integral, a seguradora pagará a indenização com base no valor de zero km da Tabela FIPE – ou seja, a indenização será maior, pois não haverá depreciação.

É a cobertura de garantia de zero km que permite isso.

Comprovação de zero km

Na hora de calcular o seguro como zero km não será necessário enviar nenhum comprovante, mas após a contratação sim.

A seguradora poderá solicitar que o segurado envie ao corretor de seguros cópia da nota fiscal com carimbo da data de saída do veículo da concessionária. O corretor irá protocolar essa nota fiscal na seguradora, que autorizará a emissão da apólice com garantia de zero km e dispensará a realização de vistoria prévia.

Data de saída no carimbo da nota fiscal:

A data de saída que consta no carimbo da nota não pode ser anterior ao início da vigência da apólice. Se for anterior, a seguradora excluirá a cobertura de garantia de zero km e a vistoria prévia passará a ser obrigatória.


E você, está pensando em pegar um carro zerinho? Agora já sabe das vantagens no seguro!

Aproveite para cotar seu seguro de automóvel com a gente!

cotar-seguro-auto-2021

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp) e Corretora (ENS), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School),é desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e Diretora na DM4 Corretora de Seguros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.