Mais de uma colisão paga duas franquias no seguro?

Mais de uma colisão paga duas franquias no seguro?

Aconteceu mais de uma colisão no veículo. E agora? Paga mais de uma franquia para acionar o seguro? Descubra já aqui!

A Quelih nos enviou a seguinte questão em nosso canal do Youtube:

“Oi … Em caso de colisão, mais de uma vez, pago dobrado a franquia?”

No post de hoje responderemos essa dúvida, explicando como funciona a cobrança de franquia quando ocorre mais de uma colisão num curto espaço de tempo. Daremos exemplos e mostraremos quais cláusulas contratuais do seguro tratam desse assunto.

Aproveite para cotar seu seguro de automóvel com a gente! :D

cotar-seguro-auto-2021

Mais de uma Franquia no Seguro

Eventos dependentes X Eventos independentes

Quando o veículo segurado sofre um sinistro de perda parcial, é feita apuração dos danos para checar se atingiu ou não a franquia. Se os prejuízos ultrapassam o valor da franquia, o seguro pode ser acionado: o segurado pagará a franquia, enquanto a seguradora cobrirá a diferença.

Naquelas situações em que o veículo se envolveu em uma única colisão antes de ir para o reparo, é muito simples: será cobrada uma única franquia, por se tratar de um único sinistro.

Mas há situações mais complexas em que o carro se envolve em mais de uma colisão. Nesses casos, poderá ser cobrada mais de uma franquia, a depender de como ocorreram as colisões.

A pergunta chave para saber se haverá cobrança de uma única ou mais franquias é: Os eventos de colisão fora dependentes ou independentes um do outro?

  • Se os eventos do sinistro forem independentes, será cobrada uma franquia para cada evento.
  • Se os eventos do sinistro forem dependentes, será cobrada uma única franquia para todos os danos envolvidos.

Fica mais fácil de entender com exemplos. Vejamos:

Exemplos

Exemplo 1: Carro A colide com o carro B (evento 1). No dia seguinte o carro A colide com o carro C (evento 2). Não existe relação entre os eventos 1 e 2, portanto, eles são independentes. Para fazer o reparo dos danos decorrentes do evento 1, será cobrada uma franquia; e para fazer o reparo dos danos decorrentes do evento 2, será cobrada uma segunda franquia.

Exemplo 2: Carro A sofre colisão traseira do Carro B (evento 1), sendo projetado contra o Carro C a sua frente (evento 2). Por conta da colisão, o Carro A sofre danos na traseira e na dianteira. Apesar de terem sido duas colisões, elas são dependentes, pois foi o evento 1 que gerou o evento 2. Por conta disso, para fazer o reparo tanto da dianteira quanto da traseira acionando seu próprio seguro, o Carro A pagará uma única franquia.

Qual cláusula contratual diz isso?

Abaixo separamos um exemplo de cláusula contratual que prevê a cobrança de uma franquia para cada evento de sinistro. Essa cláusula consta nas Condições Gerais da seguradora Porto Seguro.

Cada seguradora tem suas próprias cláusulas contratuais no seguro de automóvel, por isso pode haver variação nos textos. Para verificar a cláusula específica de sua seguradora, solicite ajuda do corretor de seguros responsável pela apólice ou faça download das Condições Gerais no site de sua seguradora.

Uma cláusula similar a esta do exemplo deverá constar na seção relacionada a “franquia” do contrato.

Mais de uma colisão paga mais de uma franquia no seguro?

Valor da franquia é sempre o mesmo

Vale ressaltar que o valor da franquia não varia, ainda que seja cobrada mais de uma franquia por múltiplos eventos de sinistro.

Já recebemos relatos de visitantes que nos contaram que contrataram serviço de proteção veicular com associações ou cooperativas nos quais a franquia aumentava conforme o serviço era acionado mais de uma vez. Isso não ocorre em seguradoras regulares!

É importante frisar que proteção veicular é um produto diferente do seguro. Enquanto as seguradoras regulares são regulamentadas pela SUSEP, as associações e cooperativas não são. Aqui nós ensinamos como consultar se uma empresa está ou não cadastrada na SUSEP.

Franquia só é cobrada se acionar o seguro

Outro ponto importante neste assunto é que a franquia só é cobrada caso o segurado opte por fazer os reparos por meio do seguro.

Imagine que um segurado se envolve numa colisão, faz a apuração dos danos por meio do seguro, mas continua circulando com o carro. Acontece então uma segunda colisão.

Por serem eventos independentes, os reparos da primeira colisão teriam a cobrança de uma franquia; e os da segunda colisão, uma segunda franquia.

Naquele mês, o segurado não está com dinheiro para pagar duas franquias de uma vez. Então ele opta por primeiro dar andamento no primeiro sinistro. Ele pode fazer isso tranquilamente, sem qualquer obrigatoriedade de pagar a segunda franquia para fazer os reparos da primeira colisão.

Posteriormente, quando já tem dinheiro para pagar a segunda franquia, ele dá andamento no segundo sinistro.

Lembrando que a franquia é paga diretamente à oficina, que pode oferecer condições como parcelamento.


E você, já passou pela situação de ter mais de um sinistro durante a vigência da apólice? Como foi?

Aproveite para cotar seu seguro de automóvel com a gente! :D

cotar-seguro-auto-2021

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp) e Corretora (ENS), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School),é desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e Diretora na DM4 Corretora de Seguros.

3 respostas para Mais de uma colisão paga duas franquias no seguro?

  1. Pingback:Existe jurisprudência sobre mais de uma franquia no seguro?

  2. ANA BEATRIZ CASTRO DO PRADO diz:

    Sabe informar alguma jurisprudência, doutrina ou fonte que indique que para eventos dependentes, portanto um mesmo sinistro, não é cabível a cobrança de mais de uma franquia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.