O que é 50% da franquia no seguro de automóvel?

O que é "50% da franquia obrigatória" no seguro automóvel?

Foi contratar o seguro e esbarrou no termo “50% da franquia obrigatória”, mas não sabe o que é? Vem com a gente e descubra já o que é isso!

Quem está contratando o seguro de automóvel pela primeira vez muitas vezes se assusta com os termos técnicos. Aqui no blog desmistificamos tudo isso para que o contrato de seguro não pareça um bicho de sete cabeças! O post de hoje não é diferente e falaremos o que significa “50% da franquia obrigatória”.

Aproveite e faça sua cotação de seguro automóvel com a gente :D

cotar-seguro-auto-2021

Franquia no Seguro

O que é 50% da franquia obrigatória?
Um nome diferente para franquia reduzida

O seguro de automóvel tem duas opções principais de franquia: a franquia normal e a franquia reduzida. A franquia normal é aquela que equivale ao valor cheio da franquia, ou seja, 100%. Já a franquia reduzida é 50% da franquia normal. Ou seja, a franquia reduzida é metade da franquia normal.

Quando o contrato do seguro diz “50% da franquia obrigatória”, ele se refere à franquia reduzida.

Exemplo 1: Um consumidor pede dois orçamentos na mesma seguradora, um com franquia normal e outro com franquia reduzida. Se a franquia normal for de 3.000 reais, a franquia reduzida necessariamente será de 3.000 / 2 = 1.500 reais.

Por que “obrigatória”?

Parte da confusão sobre o assunto talvez resida no termo “obrigatória”.

Tanto a franquia normal (100%) quanto a reduzida (50%) são obrigatórias para sinistros de perda parcial. Em outras palavras, sempre que o seguro é acionado para consertar o veículo, o segurado deverá pagar a franquia, enquanto a seguradora cobrirá a diferença.

Não há franquia apenas em sinistros de indenização integral, como perda total, roubo/furto sem recuperação e incêndio.

Exemplo 2: Num sinistro de perda parcial, o segurado aciona o seguro para fazer o conserto. O orçamento ficou em 6.000 reais. Sua franquia é de 1.500 reais. Ele pagara 1.500 reais e a seguradora cobrirá 6.000 – 1.500 = 4.500 reais.

Exemplo 3: Num sinistro é constatada perda total do veículo após uma forte colisão. Por se tratar de PT não haverá cobrança de franquia. O segurado receberá o percentual contratado da Tabela FIPE como indenização integral.

Para maiores detalhes sobre o funcionamento da franquia, leia este post.

O lado bom e o lado ruim da franquia de 50%

Como vimos acima “50% da franquia obrigatória” é um nome diferente para “franquia reduzida”. Contratando esta opção, o segurado pagará metade da franquia normal nos casos de sinistro de perda parcial.

O lado bom desta opção está em ter uma participação menor nos prejuízos em sinistros passíveis de conserto. O lado “ruim” (entre aspas, pois depende de cada consumidor) é que a franquia reduzida tende a gerar uma apólice com preço relativamente maior que do seguro com franquia normal.

Cabe a cada consumidor avaliar se prefere uma franquia maior ou menor. Em muitos casos, o acréscimo que a franquia reduzida causa no preço final é pequeno se comparado a redução de 50% da franquia. Em outros, a seguradora pode subir muito o preço. Avalie o que melhor lhe atende, sempre com ajuda de um corretor de confiança!


E você, já fez orçamentos com 50% da franquia obrigatória? Ou prefere sempre contratar a franquia normal?

Aproveite e faça sua cotação de seguro automóvel com a gente :D

cotar-seguro-auto-2021

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp) e Corretora (ENS), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School),é desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e Diretora na DM4 Corretora de Seguros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.