Quem é culpado em um engavetamento? [com ilustrações!]

QUEM É CULPADO EM ENGAVETAMENTO DE CARROSAprenda como saber quem é culpado em um engavetamento de carros!

Em casos de engavetamento, seja de pequena ou grande proporção, sempre fica a dúvida de quem culpado. Vira aquela confusão que no geral só se resolve depois que os carros já foram levados para casa ou para oficina. Isso é mais comum do que se imagina, e exatamente por essa razão neste post ensinaremos como saber quem é culpado em um engavetamento de carros.

Leia também:
“Como consultar Tabela FIPE de carros para saber valor de indenização do seguro?”
“Quando tenho direito a carro reserva no seguro?”

Compartilhe suas experiências e caso tenha dúvidas, escreva nos comentários!

Trataremos das duas situações que podem acontecer num engavetamento: 1) quando vários carros são empurrados uns contra os outros por uma batida inicial; 2) quando vários carros trombam uns contra os outros por conta de uma freada inicial.

Situação nº 1: 
Quem empurrou, pagou

Suponha que o último carro de uma fila não consegue frear e bate no carro da frente, empurrando diversos carros da fila uns contra os outros. Como saber de quem é culpa? Vamos ver um exemplo!

Observe a ilustração abaixo e imagine que 1) o carro vermelho bateu no carro azul, 2) com o empurrão do carro vermelho o carro azul bateu no carro branco e 3) com o empurrão do carro azul, o carro branco bateu no carro amarelo. Um pouco confuso, mas olhando a ilustração fica bem claro.

Veja que todas as colisões foram consequência do empurrão inicial do carro vermelho. Exatamente por essa razão, o carro vermelho é considerado culpado pelo dano causado a todos os veículos que ele empurrou. Em outras palavras, a origem de todas as colisões foi a colisão do vermelho e por isso ele é responsável.

Cotação Seguro Carro - 2

quem é culpado em um engavetamento - quem empurra

 

Situação 2
Quem trombou, pagou

Outra situação pode ocorrer num engavetamento: Uma fila de carro está andando quando, abruptamente, o primeiro da fila freia por alguma razão. Sucessivamente, os carros atrás vão batendo uns nos outros. Como saber de quem é a culpa? Vamos ver outro exemplo.

Observe a ilustração abaixo e imagine que 1) O carro amarelo parou, o branco não conseguiu frear a tempo e bateu na traseira do amarelo. 2) Em seguida, o carro azul não conseguiu frear e colidiu com a traseira do carro branco. 3) Na sequência, o carro vermelho não conseguiu frear e bateu na traseira do azul.

Nesse caso, são eventos independentes, ou seja, cada um será responsável pela sua própria colisão que causou. O carro branco será responsável pela traseira do amarelo e pela dianteira do próprio carro branco. O carro azul será responsável pela traseira do carro branco e pela dianteira do próprio carro azul. E, por fim, o carro vermelho será responsável pela traseira do carro azul e pela dianteira do próprio carro vermelho.

quem é culpado em um engavetamento - trombada

Há situações em que se dirá “Mas a culpa foi toda do carro amarelo, que parou abruptamente e não deu tempo dos demais frearem”. O veículo que colide na traseira é considerado culpado por culpa presumida, interpretando-se que no Código de Trânsito Brasileiro está determinado que os condutores devem manter distância de segurança. Existe jurisprudência no sentido contrário, que apesar de serem minoria, valem a pena ser consultadas. As interpretações acima estão alinhadas a como as seguradoras tendem a interpretar, podendo haver exceções também.

Como funciona o seguro de carro em caso de engavetamento?

Neste outro post sobre“Como funciona o seguro de automóvel em caso de engavetamento” (clique para ler) você aprende os principais pontos da indenização do seguro de carro quando há engavetamento. De maneira geral, as “regras” que mencionamos acima são as mesmas para o seguro na hora de definir os responsáveis pelo acidente e indenizar aqueles que são considerados vítimas. Não deixe de ler!

Tags .Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School), atualmente cursa Programa Avançado em Data Science e Decisão (Insper). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e da Youcons, plataforma inteligente de consórcios; Diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros; Professora na extensão universitária em Direito e Economia da UNICAMP.

194 respostas para Quem é culpado em um engavetamento? [com ilustrações!]

  1. Pingback:Carro freou, consegui frear, mas fui empurrado. O que fazer? | Muquirana Corretora de Seguros

  2. Cléo Jr diz:

    Estou (v1) parado num congestionamento, e o v2 parado atrás de mim chega um v3 que bate no v2 empurrando o v1, quem é a culpa?

    • Jessica diz:

      Cléo, bom dia!

      Pela sua descrição, entendemos que o veículo 3 é culpado pelos danos a todos os carros, pois o veículo 2 só colidiu com o veículo 1 devido ao empurrão incial do veículo 3.

      Peça uma cotação de seguro conosco, clique aqui: http://muquiranaseguros.com.br/cotacao/cotacao-de-seguro-de-automovel/

      Ficamos a disposição!

      • Maurício diz:

        Boa tarde,
        mas a distância segura não foi respeitada no engavetamento.
        Se os carros estivessem na famosa distância segura teríamos somente uma colisão.

        É uma questão de lógica, se uma pessoa não utiliza capacete na obra, fica mais fácil ela ser morta pelo tijolo que escorregou e caiu da mão de alguém.

        • Jessica diz:

          Maurício, boa tarde!

          Pedimos desculpas pela demora, por falha de sistema algumas perguntas caíram no spam e só consegui recuperá-las agora.

          Entendemos seu ponto, mas se um carro empurra o outro, o carro empurrado não tem culpa.
          As seguradoras entendem desta forma e os sinistros do gênero que nós atendemos e que foram para Justiça também foram interpretados assim.
          No entanto, é direito de todos se defender, por isso caso o senhor esteja nesta situação e não se considere culpado, recomendamos que consulte um advogado.

          Ficamos a disposição!

    • Patrícia Bessone diz:

      Um veículo freiou bruscamente em uma via expressa na minha frente e eu consegui frear a tempo e evitar a colisão, porém o veículo atrás de mim não conseguiu frear, bateu no meu carro e empurrou o meu pra frente que bateu no primeiro carro. O que fazer nesse caso.

  3. Nildo diz:

    Boa noite.
    Envolvi-me numa engavetamento que foi assim: Havia fumaça na pista, impossível de enxergar, e uma camionete que estava a frente freou bruscamente. Como não tinha visibilidade na pista, bati na traseira do camionete e veio um caminhão logo atras e bateu na traseira do meu carro. Conversei com um advogado e ele me disse que isso é considerado caso fortuito, por causa da fumaça causada por queimada na rodovia, que há no mínimo culpa concorrente. Que eu devia deixar ele acionar a seguradora e essa me processar, pois não fui o único culpado. O que me diz disso?

    • Jessica diz:

      Nildo, boa tarde!

      Como nós não prestamos assessoria jurídica, não há como lhe passarmos informações muito consistentes neste caso.
      Caso tenha dúvidas sobre a opinião do advogado consultado, recomendamos que consulte um segundo advogado e veja se ele concorda, pois assim você estará mais bem respaldado.

      Como mera opinião, entendo que o advogado está correto, afinal a origem do acidente foi a fumaça e ela não foi causada por você.

      Futuramente recomendamos que contrate um seguro somente de terceiros, pois ele lhe protegerá desse tipo de situação. O preço é extremamente acessível e também garante assistência 24h para seu carro. Peça sua cotação: clique aqui!

      Ficamos a disposição!

  4. Solange Maria de Farias diz:

    Carro 01 interrompe em cima de um viaduto e o cundutor não sinaliza;
    Carro 02 sobe viaduto e depara com carro parado freia automaticamente mas atinge o carro 01 o mesmo acontece com o carro 03 que tenta freiar mas colide com o carro 02 simultaneamente; qual a responsabilidade de cada condutor;

    Pode o carro 3 pagar o conserto do carro 1 e o carro 2 pagar franquia do carro 3?
    Em boletim de ocorrência carro 3 assumiu o acidente com o carro 1 e suprimiu a informação que existia o carro 2 no acidente, mas quer que o carro 2 pague a franquia o unico que tem seguro é o carro três??? ” peço orientação, sou condutor do carro 2 “

    • Jessica diz:

      Solange, boa tarde!

      Depende se foi uma única colisão ou duas colisões distintas.

      Se a colisão começou com o carro 3, que empurrou o carro 2 contra o carro 1, então se trata de uma única colisão.
      Nesse caso, o carro 3 é responsável pelos danos a todos os carros. Você, como condutor do carro 2, não tem qualquer responsabilidade e tem direito de receber indenização para consertar seu carro.

      Se o carro 2 tiver colidido com o carro 1 e somente depois o carro 3 colidiu com o carro 2, então são duas colisões distintas, cada uma com um culpado:
      – O carro 2 (Seu) é responsável pelos danos ao carro 1 e pela dianteira do próprio carro 2
      – O carro 3 é responsável pela traseira do carro 2 e pelos danos ao próprio carro 3.

      Faça uma cotação de seguro de terceiros conosco! O preço é bastante em conta e lhe protegerá de situações assim no futuro. Clique aqui para pedir sua cotação.

      Ficamos a disposição!

  5. julio carlos da silva diz:

    Em uma rua tinha um buraco o 1º carro freiou o 2º, tambem, o 3º tambem , e o 4º freiou, eu como ultimo freei mas bati no 4º, que bateu n 3º ,que bateu no 2º que bateu no 1º. Pergunto eu que tenho que arcar com todas as despesas?

    • Jessica diz:

      Julio, boa tarde!

      Pela sua descrição, entendemos que se tratou de um único evento, no qual sua colisão com o carro 4 desencadeou todas as demais colisões devido ao empurrão inicial. Se foi desta forma e assim constar no B.O., o senhor é considerado responsável pelos prejuízos a todos os envolvidos.

      Futuramente, recomendamos não deixe de fazer um seguro para terceiros. Ele é bastante em conta e protege de situações como essa.

      Ficamos a disposição!

  6. V.B.C diz:

    Em uma colisao onde v1 estava parado, v2 foi impulsionado por v3 fazendo com que v2 acetasse v1 com o impulso o v1 foi lancado para segunda faixa em que vinha um proximo v4 atingindo novamente o v1. Quem esta errado?

    • Jessica diz:

      V.B.C., boa tarde!

      Pela sua descrição entendemos que o v3 foi responsável pelos danos a todos os veículos (v1, v2 e v4), pois foi a colisão inicial dele na traseira do v2 que empurrou todos os demais, inclusive o v1 contra o v4, se tratando de um único evento com uma única origem.
      Caso haja dúvidas sobre a culpabilidade ou a descrição do engavetamento não esteja clara no Boletim de Ocorrência, recomendamos que consulte um advogado.

      Peça sua cotação de seguros conosco, temos ótimas opções :)
      Clique aqui para solicitar cotação.

      Ficamos a disposição!

  7. ellen augusto diz:

    Aconteceu comigo igual a primeira ilustraçao, sou o segundo carro, veio o palio e bateu na eco, que bateu em mim e o meu bateu no celta, a minha duvida e` como faço pra processar o ultimo carro (palio) pois o policial disse que teria que processar a eco, e o celta me processar!?

    • Jessica diz:

      Ellen, boa tarde!

      Pela sua descrição, entendemos que o último carro da fila (palio) empurrou todos os demais uns contra os outros, constituindo um único evento (o “empurrão” inicial). Por conta disso, pelo nosso entendimento, consideramos o motorista do palio responsável pelo dano a todos os demais carros (eco, seu carro e celta).

      Porém, é importante confirmar como foi feita a descrição do acidente no Boletim de Ocorrência. A instrução dada pelo policial é para o caso de esbarrão, que seria o caso se primeiro você batesse no celta, depois a eco batesse no seu e por último o palio batesse no eco. Nesse caso seriam 3 eventos independentes, e cada um seria responsável pela própria colisão (aí sim valeria a instrução do policial, de que cada um deveria fazer o acerto com quem bateu na traseira).

      Se no B.O. a descrição mostra que foi um único evento decorrente do empurrão, recomendamos que contate o motorista do palio e cheque se ele tem seguro. Se sim, a cobertura de danos materiais a terceiros do seguro dele cobrirá o seu carro e os demais até o limite máximo contratado. Se os custos ultrapassarem esse limite máximo, o motorista do pálio deverá pagar a diferença particularmente. Já se ele não tiver seguro, ele deverá arcar com os prejuízos totais de todos os carros particularmente. Se ele se negar a usar o seguro ou a pagar particularmente, será necessário acioná-lo para tentar receber na Justiça.

      Se no B.O. a descrição do acidente dá a entender que foram colisões independentes e isso não procede, recomendamos que consulte um advogado para ver o que pode ser feito, pois essa descrição incorreta poderá lhe trazer problemas como cobranças indevidas pelo proprietário do celta, quem poderá alegar que você é responsável pelos prejuízos dele.

      Ficamos a disposição!

  8. Luan diz:

    Ou meu caso foi seguinte tinha um carro minha frente ao ele mudar de faixa .imediatamente avistei outro carro que estava quebrando e ligou pisca letra na mesma hora apertei freio imediatamente mais veio dois veículos s atrás e fizeram colidir com veículo da frente nesse caso o culpado e eu ou veículos de trás ou veículo da frente.

    • Jessica diz:

      Luan, bom dia!

      Para saber quem foi culpado seria necessário saber como está a descrição do acidente no Boletim de Ocorrência.

      Para ajudar a entender melhor vamos chamar o primeiro carro (a sua frente) de “carro A”, o segundo (o seu) de carro “B”, o terceiro (atrás do seu) de “carro C” e o quarto de “carro D”.

      – Se o carro D bateu no carro C, empurrando todos os demais carros (carros C, carros B e carro A), o carro D será responsável pelos danos a todos os veículos (A, B e C) e o dele próprio (D).
      – Se o carro C bateu no carro B, empurrando o B contra o A, então o carro C será responsável pelos carros A, B e pelo próprio carro C.
      – Se o carro B primeiro bateu no carro A e somente depois sofreu a colisão traseira do carro C, então: o carro B será responsável pela traseira do carro A e dianteira do próprio carro B. O carro C será responsável pela traseira do carro B e pela dianteira do próprio carro C.

      Se continuar confuso, basta nos enviar a descrição do acidente no B.O. que ajudamos com maiores detalhes.

  9. Cristiane diz:

    Por falta de atenção fiz um retorno em local proibido, em uma avenida de maos dupla com canteito central, e quando aguardava na via do canteiro central o carro que vinha atras do meu veiculo e ia seguir direto, freiou para nao bater na minha traseira que estava um pouco pra fora. o carro que vinha atras deste veiculo não conseguiu parar, batendo no carro que estava atras do meu que consequentemente bateu no meu.
    Quem deverá acionar seu seguro como responsável?

    • Jessica diz:

      Cristiane, boa tarde!

      Como seu caso é atípico, dependerá da análise do seguro.

      Apesar de a culpa geralmente ser considerada de quem colide na traseira, como a senhora infringiu uma lei de trânsito ao fazer o retorno em local proibido parando a circulação na rotatória (ainda que por distração), entendemos que a senhora poderá ser considerada responsável tanto pelo seu veículo quanto pelos demais. Mas insistimos que se trata de opinião já que nunca tivemos caso semelhante, e a resolução dependerá da interpretação da seguradora a ser acionada e de como o acidente foi descrito no B.O.

      Em última instância, caso não haja acordo entre as três partes envolvidas sobre a responsabilidade no acidente, recomendamos que consultem um advogado para ajudá-los. Como não tenho formação jurídico não tenho como passar maiores informações sobre essa situação.

      De toda forma, continuo a disposição caso precise de mais alguma informação!
      Conte com nossa cotação na renovação do seu seguro :)

  10. Marcelo Marrer Abrão diz:

    Olá por gentileza gostaria de tirar uma dúvida, pois me envolvi em um acidente, aonde houve engavetamento o meu carro foi o último e envolveu 4 veículos, a minha dúvida é a seguinte como saber se quando eu bati no veículo da frente ele já não havia batido no veículo que estava a frente dele pois a freada dele foi muito brusca ele diz que não!Como comprovar isso se o B.O foi feito na Policia Rodoviária apenas colhendo depoimento dos condutores envolvidos se não existirem provas que eu fui o principal culpado mesmo assim devo arcar com todas as despesas?, pois meu seguro não cobre colisões , já fiz acordo com o veículo da minha frente, e com os demais como devo proceder?? desde já muito obrigado pela atenção!

    • Jessica diz:

      Marcelo, bom dia!

      Se no Boletim de Ocorrência (B.O.) consta que você bateu e causou o engavetamento de todos os veículos, você será considerado responsável pelos danos em todos eles.

      Caso não se considere o causador dos demais carros além do à sua frente, será necessário providenciar provas concretas de que você não empurrou os veículos da frente. Testemunhas, filmagens etc. podem ajudá-lo nesse sentido.

      Continuamos à disposição!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *