Seguro de vida ajuda mulheres com câncer de mama

Entenda como funciona a cobertura de câncer de mama no seguro de vida e como ela pode ajudar mulheres vítimas desta doença!

O seguro de vida é tradicionalmente composto pela cobertura de morte e pode vir com outras coberturas adicionais como invalidez permanente por acidente, doenças graves, assistência funeral.

Com o tempo as seguradoras perceberam que mulheres sofriam muito com câncer, em especial o câncer de mama, e criaram produtos específicos para o grupo feminino com foco nesta cobertura. É o caso por exemplo do produto “Vida Mais Mulher” da seguradora Porto Seguro, do “Vida Mulher” da Tokio Marine, dentre tantos outros disponíveis no mercado.

No post de hoje explicaremos como funciona a cobertura de diagnóstico de câncer dentro dessas modalidades, desde a contratação até eventual acionamento em sinistro.

Aproveite e cote seu seguro de vida conosco! :)

Cotação Seguro Vida

O que é a cobertura de diagnóstico de câncer

Quando você faz um seguro de vida, escolhe um valor que chamamos de “Capital Segurado”.

Diagnóstico de câncer é uma cobertura adicional dentro do seguro de vida. Isso significa que sua contratação é opcional, sendo fundamental que o consumidor interessado informe ao corretor que deseja a cobertura.

No caso de diagnóstico de câncer, ela cobrirá uma parte ou todo o capital segurado. No Vida Mais Mulher da Porto Seguro, por exemplo, Diagnóstico de Câncer é sempre 50% (metade) do capital segurado de morte.

O câncer em questão precisa constar entre aqueles garantidos pela apólice. E o diagnóstico precisa ter ocorrido durante a vigência da apólice (e fora da carência de contratação).

Quais os cânceres cobertos?

Diferente dos seguros de automóvel, em que há forte padronização dos contratos, nos seguros de vida há grandes variações entre os produtos criados pelas seguradoras. Por isso é importante que o consumidor questione o corretor para encontrar a opção que de fato lhe atenda.

Em todas seguradoras, os cânceres cobertos sempre serão de natureza maligna, confirmados por diagnóstico médico definitivo. Mas a seguradora poderá listar tipos específicos:

Exemplo Tókio: No caso do seguro Vida Mulher da Tókio Marine, por exemplo, estão cobertos Câncer Primário de Útero, Ovário, Mama e Trompa (sendo câncer primário aquele que teve origem no próprio órgão). Apesar de estes serem sem dúvida os tipos que me acometem mulheres, aquelas com histórico familiar de câncer de intestino, anus ou outros, devem buscar outro produto.

Exemplo Porto: Já no seguro de Vida Mais Mulher da Porto Seguro, estão cobertos cânceres malignos em geral, a não ser Câncer de Pele (salvo para o diagnóstico de “melanoma maligno”). Por se tratar de uma cobertura muito mais abrangente, é recomendável para pessoas com históricos familiares de câncer diferente do de mama.

Sempre solicite ao corretor para verificar quais os tipos de diagnóstico de câncer cobertos na apólice de seu interesse.

Como funciona:
Contratação

Orçamento: O primeiro passo é escolher o capital segurado para cobertura de morte. É ele quem limitará sua cobertura de diagnóstico de câncer, portanto, escolha com sabedoria. Considere qual sua renda mensal e o quanto um tratamento médico intensivo comprometeria de seus recursos.

Feita escolha capital segurado, veja se deseja outras coberturas além de morte (obrigatório) e diagnóstico de câncer (opcional). Lembre-se que existem coberturas interessantes como invalidez parcial ou total permanente por acidente, assistência funeral, e mais.

A partir dessas informações o corretor lhe enviará um orçamento. Quando você aprovar este orçamento, ele se transformará numa proposta.

Proposta e Declaração Pessoal de Saúde: A seguradora receberá a proposta e terá até 15 dias para avaliar se aceita ou não o risco. Neste meio tempo ela poderá solicitar o envio pelo segurado da Declaração Pessoal de Saúde.

Trata-se de um documento no qual responde perguntas pertinentes a seu estado de saúde atual. Algumas seguradoras como Tokio Marina substituíram esta Declaração por um ligação telefônica gravada.

Apólice e Carência: Após aceitação da proposta, a seguradora faz a emissão da apólice. O seguro está valendo oficialmente, mas devem ser observadas as carências. Há seguradoras que trabalham com carência de 60 dias (Porto) e outras com 90 dias (Tokio) para diagnóstico de câncer.

Isso significa que se houver diagnóstico do câncer durante a carência, não haverá cobertura.

Como funciona:
sinistro

Aviso de sinistro e Indenização: No caso de o segurado receber diagnóstico de câncer maligno, ele deverá abrir um aviso de sinistro na seguradora. Solicite ajuda do corretor da apólice se necessário.

Feito este passo, a seguradora solicitará uma lista de documentos, dentre eles os laudos médicos que comprovem o diagnósticos. Os documentos serão analisados por uma junta médica e estando tudo certo, a indenização será liberada.

Reintegração: Nos seguros existe algo chamado “reintegração da cobertura”, que é quando o limite de indenização é restabelecido após o uso daquela cobertura num sinistro. No caso de coberturas de diagnóstico de câncer não há possibilidade de reintegração. Após seu acionamento, a apólice fica vigente, mas a cobertura específica de diagnóstico de câncer é cancelada.

Como o seguro ajuda na luta contra o câncer de mama

Agora que você já sabe como funciona a cobertura de diagnóstico de câncer no seguro de vida, fica fácil vislumbrar o quanto ele pode ajudar na luta contra o câncer de mama ou outros tipos malignos. O capital segurado pode ser usado para custear:

  • Parte do tratamento, se for particular
  • Próteses mamárias e cirurgias estéticas nos casos em que o tratamento exigir a retirada da mama
  • Perucas e outros adereços

E muito mais, pois a segurada é livre para escolher como usar esses recursos. Conhecemos histórias de seguradas que deram entrada na compra da casa própria, outras que fizeram as viagens que sempre sonharam, enfim, tudo que pudesse ajudar direta ou indiretamente a enfrentar a doença.

Por isso se você é mulher, não deixe de incluir cobertura de diagnóstico de câncer de mama em seu seguro de vida.


E aí, mulherada? Estamos alinhadas sobre a importância de ter um seguro de vida com cobertura para câncer? :)

Aproveite e faça sua cotação de seguro de vida com nossa equipe!

Cotação Seguro Vida

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp) e Corretora (ENS), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School),é desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e Diretora na DM4 Corretora de Seguros.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *