Por que fazer seguro de vida? Motivos para você

por que fazer seguro de vida - motivos para vocêConfira os principais motivos de por que fazer seguro de vida para sua própria proteção (e não apenas de sua família)!

Muita gente se pergunta “Por que fazer seguro de vida?”, “Realmente vale a pena?” ou ainda “Não é dinheiro jogado fora?”. Para responder essas perguntas é importante saber quais as principais utilidades do seguro de vida, ou seja, em que situações ele pode ajudar você mesmo e também sua família. Pensando nisso, neste post mostraremos os principais motivos para fazer seguro de vida para sua própria proteção. Ao final do texto, indicamos um segundo post com os motivos para contratar seguro de vida pensando na proteção de sua família.

Confira e escreva suas dúvidas nos comentários! Aproveite e peça também sua cotação de seguro de vida, sem compromisso.

Cotação Seguro Vida - 2

Seguro de Vida protege você

Uma das maiores confusões em torno do seguro de vida é pensar que ele serve apenas para beneficiar os outros e não o próprio segurado. Essa percepção ocorre porque a grande maioria das pessoas pensa que o seguro de vida cobre somente casos de morte, quando a indenização é paga à família e, portanto, o próprio segurado não é beneficiado diretamente. Mas isso não é verdade!

O seguro de vida possui diversas coberturas focadas na proteção do próprio segurado, ou seja, você.

Abaixo você confere alguns dos principais motivos para fazer um seguro de vida para garantir proteção a você mesmo. Você verá que alguns assuntos parecem pesados e no geral são coisas que evitamos pensar – mas ignorar a possibilidade de um problema ocorrer não diminui em nada o risco. Por isso é importante tratarmos desses assuntos com responsabilidade e consciência, sem estigmas ou medo. Vamos lá? :)

  • E se você não puder mais trabalhar?

Os seguros de vida tem cobertura para invalidez permanente (total ou parcial) por acidente ou doença. Isso significa que se por alguma razão você ficar inválido e não tiver mais como trabalhar, receberá uma indenização do seguro para ajudar a se restabelecer. Infelizmente esse risco existe, estando principalmente relacionado a acidentes de trânsito, além de outras situações como acidente doméstico. Tendo uma cobertura de invalidez você garantirá que num caso de invalidez você não ficará desamparado, podendo superar a situação com maior tranquilidade e estabilidade financeira.

  • E se você não puder trabalhar temporariamente?

A invalidez permanente é bastante séria, mas também há riscos “menores” que podem atrapalhar sua estabilidade financeira. Profissionais autônomos ou empregados que possuem renda variável de acordo com os dias de trabalho podem perder a renda caso fiquem doentes ou se machuquem e não possam trabalhar por alguns dias. É o caso, por exemplo, de médicos e veterinários. Se eles quebram um braço e não tem como atender seus pacientes, ficaram sem renda variável durante o período de recuperação. Outros profissionais, como vendedores ou cabeleireiros estão na mesma situação.

O seguro de vida possui uma cobertura opcional chamada “Diárias por incapacidade temporária” que garante uma indenização para cada dia parado. O valor dessa indenização deve estar de acordo com a renda variável média que o profissional tem. Também é importante ressaltar que para ter direito a essa cobertura é indispensável ter comprovantes de renda aceitos pela seguradora, que no caso são apenas holerite (no caso de funcionários) e declaração de imposto de renda (no caso de autônomos sem vínculo). Não são aceitos extratos bancários, decore ou outros tipos de comprovante.

  • E se você for diagnosticado com Câncer? 

Alguns seguros especiais, principalmente com foco na mulher, possuem uma cobertura para diagnóstico de câncer maligno (exceto de pele). Caso a doença seja diagnosticada durante a vigência do seguro, o segurado recebe uma indenização que pode ser gasta com o que ele quiser: realizar sonhos e viagens ou também para ajudar nos tratamentos médicos e cirurgias. Para as pessoas que desejam garantir estabilidade financeira e tranquilidade num caso de diagnóstico de câncer (principalmente mulheres, dentre as quais o câncer de mama infelizmente é recorrente) o seguro de vida com essa cobertura é indispensável.

  • E se você for diagnosticado com uma doença terminal?

Não é fácil tocar num assunto assim, mas vamos lá… afinal, é importante.

Infelizmente há situações em que a pessoa é diagnosticada com uma doença terminal e irreversível. Existem pessoas nesta condição que nós nem imaginamos, pois algumas doenças neste estado sequer aparentam ser terminais. Outras já são evidentes, debilitando bastante a pessoa doente.

Existe uma cobertura opcional no seguro de vida chamada “Antecipação por doença” que antecipa parte do valor da cobertura de morte quando é diagnosticada uma doença terminal e irreversível. Com isso, se a pessoa possui uma doença terminal mas está em boas condições para passear ou viajar, ela pode utilizar essa indenização para realizar sonhos. Para as pessoas com doenças terminais que debilitam a movimentação e outras funções, essa indenização pode ser usada para ajudar em tratamentos médicos, pagamento de enfermeiras particulares. Em qualquer dos dois casos também serve para já começar a estruturar financeiramente a família.

  • E se um familiar direto (cônjuges ou filhos) falecer, você tem recursos para o funeral?

A grandíssima maioria dos seguros de vida possui cobertura de assistência funeral para o próprio segurado, sendo que muitos dão a opção de estender essa cobertura para cônjuges e filhos. Sempre que uma tragédia desse tipo ocorre ficamos sensibilizados e é terrível ter que pensar nos custos e organização do funeral. Com uma assistência funeral extensiva para cônjuges e filhos você terá a tranquilidade de a seguradora fazer toda essa organização e custo para você. Algumas também oferecem a opção de reembolso, até um limite máximo, para quem prefere organizar por conta própria.

Seguro de Vida pensando na sua Família

O seguro de vida tem ainda outra importância fundamental: proteger sua família na sua falta ou se você ficar impossibilitado de prover renda. Neste outro post “Por que fazer seguro de vida? Proteja sua família” falamos sobre esses pontos, por isso recomendamos a leitura.

Cotação Seguro Vida

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School). Atualmente faz especialização universitária em Law & Economics (UNICAMP), sendo também associada à Associação Brasileira de Direito e Economia (ABDE). É fundadora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros e pesquisadora independente na temática de insurance market.
Adicionar aos favoritos o permalink.

3 Responses to Por que fazer seguro de vida? Motivos para você

  1. Pingback: Seguro de vida para médicos: quais as melhores coberturas? | Muquirana Corretora de Seguros

  2. Pingback: Seguro de vida para dentistas: principais vantagens | Muquirana Corretora de Seguros

  3. Pingback: Por que fazer seguro de vida? Proteja sua família! | Muquirana Corretora de Seguros

Estamos com sobrecarga de dúvidas, sem conseguir responder todos. Pedimos desculpas, estamos resolvendo isso no próximo mês! Até lá, use o campo Pesquisar ao lado direito para encontrar o assunto que precisar ;)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *