Valores da indenização do DPVAT e como funciona o pagamento

valores da indenização do dpvat e como funciona o pagamento

Saiba quais são os valores da indenização do DPVAT e como funciona o pagamento da indenização em caso de acidentes no trânsito

Apesar de o seguro DPVAT ser obrigatório, muitas pessoas desconhecem os valores de indenização que elas têm por direito em caso de acidente de trânsito com danos físicos a terceiros. Também são poucos os que sabem como funciona o pagamento da indenização do DPVAT. Neste artigo você confere esses valores e conhece o passo a passo do pagamento da indenização do DPVAT.

Aproveite para pedir sua cotação de seguro de automóvel com a gente :)

Cotação Seguro Carro - 2

O que o DPVAT cobre e não cobre?

O DPVAT cobre despesas médicas, invalidez permanente e morte de acidentes em vias terrestres. Para maiores detalhes leia: “O que o DPVAT cobre e não cobre?”

Quais os valores da indenização do DPVAT?

O DPVAT tem um limite máximo de indenização para cada um dos três tipos de danos corporais a terceiros cobertos: morte, invalidez permanente e despesas médicas e hospitalares. Veja abaixo.

Esses são os limites máximos. O valor a ser recebido em casos de invalidez permanente depende de uma série de detalhes, como órgão/membro afetado, grau de invalidez atestado em laudo médico, assim como da avaliação da própria seguradora Líder (responsável pelo DPVAT). Neste link a SUSEP disponibiliza uma Tabela como referência. Nós da Muquirana Seguros Online NÃO TEMOS COMO dizer quanto a seguradora Líder pagará e NÃO PODEMOS opinar sobre esse tipo de situação, já que depende de todos esses pontos. Por isso não responderemos questões deste tipo na sessão de comentários.

Para melhor entendimento, por invalidez permanente entende-se também “Lesão permanente” (obrigada à visitante Fernanda Monteiro pela contribuição com esta informação!).

quanto é a indenização do dpvat para acidentes de transito - morte, invelidez e despesas médicas

Como funciona o pagamento da indenização do DPVAT?

Para dar entrada no DPVAT você deve se dirigir com a documentação necessária (ver links abaixo) aos postos de atendimento (clique para ver) da seguradora Líder. Uma dica é que grande parte das agências dos Correios faz este primeiro atendimento, por isso verifique na agência mais próxima de você.

Se necessário, o telefone de Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC) do DPVAT é 0800 022 1204.

Documentação DPVAT para despesas médicas

Documentação DPVAT para invalidez permanente

Documentação DPVAT para Morte

Uma vez aberto o processo de sinistro, anote o numero de protocolo para acompanhamento. Você poderá acompanhar sua solicitação aqui: Acompanhamento de processos DPVAT

Prazo para solicitação da indenização

O Novo Código Civil garante que acidentes ocorridos após 11 de janeiro de 2003 o prazo para pedir indenização é de até 3 anos.

Quem tem direito à indenização?

  • Qualquer pessoa envolvida em acidente de trânsito tem direito à indenização do DPVAT, tanto motoristas quanto passageiros e seus beneficiários.
  • Mesmo em situações em que o veículo acidentado não está com o DPVAT em dia ou situações em que não é possível identificar o veículo, as vítimas tem direito à indenização.
  • As indenizações são pagas individualmente, não importando quantas pessoas estão envolvidas no acidentes.

Quem são os beneficiários da indenização?

  • No caso de invalidez permanente e reembolso de despesas médicas e hospitalares: O beneficiário é a própria vítima.
  • No caso de morte: metade para o cônjuge não separado judicialmente e metade para os herdeiros da vítima, obedecendo a ordem de vocação hereditária. Nas falta dessas pessoas, serão beneficiários aquelas pessoas que provarem que dependiam financeiramente da vítima.

As indenizações são cumulativas?

As indenizações por morte ou invalidez permanente não são cumulativasIsso significa que se uma pessoa sofre invalidez permanente, recebe a indenização, mas vem a falecer em decorrência das sequelas do acidente, a indenização por morte será a diferença do que já foi pago até então.

Por exemplo: Suponha que um pessoa sofre invalidez permanente após acidente de trânsito e recebe do DPVAT R$5.000. Se essa pessoa vem a falecer em decorrência desse mesmo acidente, os beneficiários receberão a diferença entre os R$13.500 previstos e o valor já pago de R$5.000. Ou seja: 13.500 – 5.000 = 8.500.

Já o reembolso de despesas médicas e hospitalares não é descontado de indenizações por morte ou invalidez permanente.

Para maiores informações recomendamos acessar o site da seguradora Líder (clique para ver), responsável pelo seguro DPVAT.

Cotação Seguro Carro

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School), atualmente faz extensão universitária em Direito e Economia (UNICAMP). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como Gestora na DM4 Corretora de Seguros, associada do Grupo Exalt, maior grupo de corretores de Campinas e Região.
Marcado , .Adicionar aos favoritos o permalink.

230 Responses to Valores da indenização do DPVAT e como funciona o pagamento

  1. Juciana diz:

    Olá meu filho tem o nariz quebrado,ele foi atropelado em 2015 por um motocicleta ..o nariz continu quebrado pois devido ele ser criança o médico nao faz a cirurgia…deve entrar com qual solicitação no DPVAT? Obrigada

    • Jessica diz:

      Juciana, boa tarde!

      Primeiramente desejamos uma boa recuperação a seu filho!

      Poderá ser solicitado reembolso de despesas médico-hospitalares particulares comprovadas que tiverem tido em decorrência do acidente.
      Documentos necessários neste link e postos de atendimento neste link.

      A cobertura de lesão permanente só poderá ser solicitada se ficar com sequelas.

      Quando for fazer seu seguro, peça uma cotação com a gente: http://www.muquiranaseguros.com.br
      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/jZOs_YAyk7I

      Atenciosamente,

  2. Thais diz:

    Sofri um acidente quebrei o femo diz cirurgia coloquei platina e 10 pinos e dois pinos na bacia
    E quebrei joelho
    E fique com calar a de memoria

    • Jessica diz:

      Thais, boa tarde!

      Primeiramente lhe desejamos uma boa recuperação!

      Recomendamos verificar a lista de documentos necessários para solicitação de indenização por lesão permanente (lista aqui) e para reembolso de despesas médico-hospitalares comprovadas (lista aqui). A senhora poderá dar entrada desses documentos nos postos de atendimento do DPVAT em sua cidade (veja os postos aqui).

      A senhora também pode solicitar maiores informações no 0800 022 1204.

      Quando for fazer seu seguro, peça uma cotação com a gente: http://www.muquiranaseguros.com.br
      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/XO0vpaZEfJ4

      Atenciosamente,

  3. graziele nunes diz:

    ola gostaria de saber a minha filha tem 4 anos e foi atropelada e teve o femur quebrado passou por cirurgia e ficou com sequela de 50%e ela ja recebeu o valor de 4,725 ,esta certo esse valor ou ela tem direito de receber mais

  4. RODRIGO MOREIRA diz:

    ola gostaria de saber se vc pode me dizer como faço para dar entrada no seguro depevat do meu filho pois ele sofreu um acidente e teve que fazer duas cirusgias na clavicula e não ficou normal mais ele tem direito de receber seguro por invalide e como faço pois deixei em uma seguradora e até agora não me deram nenhum retorno oque precisa para comprovar a invalidez ele

  5. alvaro diz:

    Eu quebrei a cravicula direita em um acidente em 2010 hj foi audiência o valor q vao me pagar é so 1,650 ta certo isso

    • Jessica diz:

      Alvaro, boa tarde!

      Não podemos instruir sobre valores de indenização do DPVAT. Escrevemos este post para ajudar com informações gerais, dê uma olhadinh.
      Recomendamos solicitar instrução de um advogado para verificar se os valores estão adequados.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/XO0vpaZEfJ4

      Atenciosamente,

  6. Fábio Araújo diz:

    Boa tarde Jessica Meu nome é Fábio Araújo, eu sofri um acidente no dia 21/05/17 colidi com um cavalo na pista e sofri cortes no rosto e na testa e tbm quebrei o osso do tórax, qual o procedimento que devo fazer e nesse caso, à que eu tenho direito?

    • Jessica diz:

      Fábio, boa tarde!

      O seguro DPVAT cobre morte, invalidez permanente e reembolso de despesas médico-hospitalares comprovadas.

      No seu caso, se houve despesas particulares com hospital, médico, medicamentos etc., é possível solicitar reembolso de ATÉ R$2.700,00 mediante apresentação dos comprovantes e demais documentações. Para ver os documentos necessários clique aqui e para ver os postos de atendimento em sua cidade clique aqui.

      Para invalidez permanente seria necessário ocorrer lesão total ou parcial permanente de um membro ou órgão. Não há cobertura para invalidez ou lesões temporárias no DPVAT.

      Apoie nosso projeto e se inscreva em nosso canal no Youtube. Assista vídeo aqui: https://youtu.be/XO0vpaZEfJ4

      Atenciosamente,

Escreva sua dúvida! Pedimos apenas uma gentileza: procure ser breve, pois são muitas dúvidas todos os dias! :)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *