Perda total e airbag: como funciona?

Saiba como funciona o critério de perda total no seguro quando aciona o airbag do carro!

É muito comum se ouvir dizer que quando ocorre acionamento do airbag ocorrerá obrigatoriamente perda total do veículo. Porém essa informação não procede. No post de hoje explicaremos como funciona o critério de PT quando o airbag é acionado na colisão.

Faça sua cotação de seguro de carro ou moto conosco!

Cotação Seguro Carro - 2

Critério de perda total independe do airbag

O critério de perda total usado nos contratos das seguradoras não tem relação direta com o tipo de dano sofrido.

Será considerado perda total se o orçamento para reparo dos danos ficar igual ou maior que 75% do valor do veículo na apólice. Para orçamentos de danos inferiores a 75% é considerado perda parcial, com possibilidade de conserto por meio do seguro mediante pagamento da franquia pelo segurado.

Veja que o critério analisa o percentual de dano, mas não diz nada sobre as partes afetadas. Por isso independente de o airbag ter sido ou não acionado, ocorrerá perda total somente se atingir ou ultrapassar 75% de dano.

Explicamos em detalhes neste outro post (clique para ler).

Acionou o airbag e atingiu 75% de dano

Se o airbag for acionado na colisão, o orçamento de reparo incluirá este item. Atingindo 75% de danos, ocorrerá indenização integral. O veículo sinistrado será transferido para propriedade da seguradora e o proprietário que consta no documento receberá a indenização. Caso o veículo seja alienado em financiamento ou consórcio, explicamos como funciona neste post.

Não existe cobrança de franquia nos casos de indenização integral. Portanto o proprietário receberá a indenização sem despesas adicionais.

Se houver multas, licenciamento, IPVA, DPVAT etc. em aberto, a seguradora poderá descontar esses valores da indenização para regularizar a situação do veículo. A seguradora também pode solicitar que o proprietário quite essas pendências e apresente os comprovantes para que ela libere a indenização sem descontos.

Acionou o airbag e não atingiu 75% de dano

Por outro lado, se o orçamento de reparo dos danos ficar abaixo de 75% e tiver sido acionado o airbag, será necessário o reparo do mesmo junto às demais partes afetadas (mecânica, elétrica, funilaria, pintura etc.).

Existem airbags que são produzidos para acionarem apenas uma vez, sendo necessário a troca da bolsa e do módulo de controle sempre que ocorre um acionamento. Neste caso o reparo deverá incluir ambos esses itens e o serviço de troca dos mesmos. É recomendável a instalação em oficina concessionária do fabricante.

Para os itens passíveis de reparo, também é recomendável levar em oficina concessionária uma vez que o sistema de airbags é altamente complexo.

Aproveite e faça sua cotação de seguro auto com nossa equipe!

Cotação Seguro Carro

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP) e MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School). Atualmente faz especialização universitária em Law & Economics (UNICAMP), integrando também a Associação Brasileira de Direito e Economia (ABDE). É cofundadora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado e difusão gratuita de informações por meio da internet. Atua como diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros e pesquisadora independente na área de seguros privados.

Estamos de volta! Envie sua pergunta e responderemos toda sexta-feira. E por favor retribua nossa ajuda compartilhando nossos canais com amigos e familiares! :D

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *