Perda total HB20: como funciona no seguro?

Saiba como funciona o critério e determinação de perda total do HB20 no seguro!

O HB20 é um dos queridinhos entre os modelos procurados pelos brasileiros. Pensando no consumidor que busca ou já tem este veículo, no post de hoje explicamos como funciona o critério e determinação de perda total no seguro para este modelo. A ideia é que o consumidor tenha informações mais claras com um passo a passo fácil de seguir se sofrer um sinistro e precisar acionar o seguro.

Faça sua cotação de seguro de automóvel conosco!

Cotação Seguro Carro - 2

Passo nº 1: Entendendo o critério de perda total

O primeiro passo é entender qual o critério de perda total utilizado pelas seguradoras em seus contratos.

Para que seja considerado PT é necessário que os custos do reparo sejam iguais ou superiores a 75% do valor do carro que consta na apólice. Portanto é necessário duas informações essenciais para saber se atingirá perda total: (a) orçamento da oficina e (b) valor do carro no contrato.

Passo nº 2: Qual o valor do orçamento dos reparos?

Começando pela informação “(a) orçamento”: A oficina é responsável por realizar o orçamento, porém é necessário que o mesmo passe pela análise e aprovação da seguradora. Por isso, antes considerar o valor do orçamento, é importante aguardar para saber se ele será aprovado pela sua seguradora ou se será necessário algum ajuste ou negociação entre seguradora e oficina.

Se você adquiriu seu HB20 zero km e ele ainda está na garantia de fábrica, é importante levá-lo em oficina concessionária para não perder a garantia. Sabendo disso, vale uma dica: é comum haver divergências entre concessionária e seguradora, pois os preços da concessionárias tendem ficar acima da média de mercado. Ocorrendo essas divergências, o corretor responsável pela apólice poderá ajudar a intermediar a negociação oficina-seguradora, contudo ele não tem poder de para determinar qual será a decisão final tanto da oficina quanto da seguradora.

Passo nº 3: Qual o valor do carro na apólice?

Seguindo para o passo “(b) valor do carro na apólice”, é preciso saber qual foi a modalidade de cobertura contratada.

Existem duas modalidades, sendo a mais comum para modelos HB20  a de valor referenciado.

  • Valor referenciado: A cobertura é feita com base em percentual da Tabela FIPE (por isso o nome “referenciado”, no sentido de que a cobertura é dada conforme referência da Tabela). Neste caso o valor a ser considerado como base na análise de perda total é o percentual contratado aplicado sobre o modelo na Tabela FIPE.

Exemplo 1: Cobertura de 100% da Tabela Fipe de um HB20 Premium 1.6 Mecânico 2014/2015. No site da FIPE, localize o modelo e selecione a opção 2015. O valor a ser utilizado será o dado nesta busca, considerando o mês em que foi aberto o sinistro.

Exemplo 1 – Busca na Tabela FIPE em setembro de 2017

 

  • Valor determinado: A cobertura é feita com base em um valor fixo estipulado no contrato. Geralmente este valor fixo é escolhido com base na nota fiscal ou sugestão da própria seguradora.

Passo nº 4: Deu perda total ou perda parcial?

Sabendo qual (a) qual o valor do orçamento dos reparos aprovado pela seguradora e (b) o valor do carro na apólice conforme modalidade de cobertura contratada, o próximo passo é dividir um pelo outro para saber se atingirá ou não 75% de danos.

Exemplo 2: Orçamento de 15.000 reais e valor de cobertura de 100% da Tabela FIPE com modelo constando como 42.000 reais na FIPE. Dividindo 15.000 por 42.000 = 35,7% de danos. Está abaixo de 75% portanto será considerado perda parcial com possibilidade de conserto do HB20. Os reparos poderão ser feitos por meio do seguro mediante pagamento da franquia pelo segurado, enquanto a seguradora cobrirá a diferença acima da franquia.

Exemplo 3: Orçamento de 31.500 reais e valor de cobertura de 100% da Tabela FIPE com modelo constando como 42.000 reais na FIPE. Dividindo 31.500 por 42.000 = 75% de danos. É igual a 75% de danos e portanto será considerado perda total com indenização integral, sem cobrança de franquia.

Passo nº 5: Qual o valor da indenização integral?

Tendo sido formalizada a perda total do HB20, fica a questão: qual será o valor de indenização?

A resposta a esta pergunta também dependerá da modalidade de cobertura contratada.

Se tiver sido contratado valor referenciado, será pago o percentual contratado aplicado sobre a Tabela FIPE do mês de liberação do pagamento da indenização. Veja que é diferente da Tabela usada para o cálculo do percentual de danos: para calcular os danos, usa-se a Tabela do mês de abertura do sinistro; enquanto que para determinação do valor de indenização, usa-se a Tabela do mês de liquidação do processo de sinistro e liberação do pagamento da indenização.

Já se tiver sido contratado valor determinado (mais incomum para o modelo HB20), será pago o valor fixo estipulado no contrato.

Multas e pendências: Se o veículo tiver pendências como multas em aberto ou IPVA e licenciamento, a seguradora poderá descontar esses valores da indenização para ela fazer a regularização ou então solicitar ao proprietário que regularize as pendências antes de liberar a indenização.

Franquia: Importante lembrar também que é proibida a cobrança de franquia no caso de indenização integral no seguro.

Aproveite e faça cotação do seu seguro auto com nossa equipe!

Cotação Seguro Carro

Sobre Jessica

Formada em Ciências Econômicas (UNICAMP), com MBA Executivo em Trends Innovation (Inova Business School). Atualmente faz especialização universitária em Law & Economics (UNICAMP), sendo também associada à Associação Brasileira de Direito e Economia (ABDE). É fundadora da Muquirana Seguros Online, projeto inovador focado no atendimento humanizado por meio da internet. Atua como diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros e pesquisadora independente na temática de insurance market.
Adicionar aos favoritos o permalink.

Estamos com sobrecarga de dúvidas, sem conseguir responder todos. Pedimos desculpas, estamos resolvendo isso no próximo mês! Até lá, use o campo Pesquisar ao lado direito para encontrar o assunto que precisar ;)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *