Passo a passo: escolher cobertura de modelo PCD sem FIPE

Confira passo a passo de como escolher valor de cobertura para seguro de veículo PCD sem Tabela FIPE!

Existem diversos modelos de veículos comercializados especificamente para o público de Pessoas Com Deficiência (PCD) que, por terem descontos diferenciados e tabelados, não constam na Tabela FIPE até o momento. Nesses casos é comum o consumidor ter dúvidas sobre como escolher o valor de cobertura no seguro de automóvel.

No post de hoje mostraremos passo a passo de como determinar este valor. Para quem preferir, também tem vídeo sobre o assunto ;)

Aproveite e faça sua cotação de seguro conosco – somos especialistas em seguro para veículos PCD!

Cotação Seguro Carro - 2

Modalidade de valor determinado
para veículos sem Tabela FIPE

Se o modelo em questão tivesse Tabela FIPE o consumidor poderia escolher entre valor referenciado (vinculado a FIPE) ou valor determinado (valor fixo). Mas quando não há modelo na FIPE, a opção de valor referenciado é excluída, restando apenas a opção da valor determinado.

Nesta modalidade é escolhido um valor fixo para o veículo que permanecerá inalterado ao longo de toda a vigência (01 ano) da apólice. Ele pode ser escolhido de duas formas: 1) conforme sugestão da seguradora, com base em pesquisa dela do valor médio do modelo; 2) ou então com base no valor de nota fiscal do veículo zero km.

Na primeira contratação para o veículo zero km, não será considerada depreciação no valor determinado. Mas a partir da primeira renovação (ou seja, segunda contratação) a seguradora poderá estipular uma taxa de depreciação a ser aplicada na determinação do valor fixo da nova apólice. Escolhido o valor fixo da próxima renovação, ele será mantido por mais uma vigência (01 ano), sem oscilações.

Como analisar a Nota Fiscal
de veículo com isenção de IPI e ICMS

Sabendo disso, vem a pergunta: como analisar a nota fiscal de um veículo adquirido com isenção de IPI e ICMS para PCD? Como encontrar o valor determinado observando essa NF?

Isso dependerá de como é o layout da nota fiscal faturada pela concessionária. No geral há dois modelos: 1) aquele que discrimina o valor sem impostos, valor do ICMS e valor do IPI; 2) ou então aquele que discrimina apenas o valor sem impostos e o valor do IPI, sendo mais difícil encontrar o valor do ICMS.

Abaixo mostramos como analisar ambos os casos.

Layout 1: Valor base, valor ICMS e valor IPI discriminados

Imagem 1 – Layout de nota fiscal com todas variáveis discriminadas

Quando os valores das três variáveis (valor base, IPI isento e ICMS isento) constam discriminados, basta somá-los para saber o valor total do veículo com os impostos. Ver imagem 1 abaixo.

Layout 2: Valor base e valor IPI discriminados, valor ICMS não discriminado

Quando o valor do ICMS não consta discriminado, o método muda um pouco. Conforme mostramos na Imagem 2 abaixo, você deve usar o valor base já com o ICMS no campo de observações e somá-lo valor dos impostos federais (IPI). Veja que no lugar do valor base sem impostos, usa-se o valor já ICMS para somar com o IPI.

Imagem 2 – Layout de nota fiscal sem ICMS discriminado

Vídeo com exemplo

o

Como garantir cobertura para os impostos?

Tudo o que falamos acima ajuda a escolher o valor determinado para cobertura do veículo. Contudo, se ocorrer sinistro de indenização integral por colisão antes de 02 anos, o proprietário precisará recolher os impostos. Para quem deseja se precaver deste risco, é importante procurar seguradoras com cobertura especial para os impostos.

Explicamos neste outro post como funciona essa cobertura especial.

Faça sua cotação com nossos especialistas em seguro auto PCD!

Cotação Seguro Carro

Adicionar aos favoritos o Link permanente.

Sobre Jessica

Economista (Unicamp), especialista em Direito e Economia (Unicamp), com MBA Executivo em Tendências de Inovação (Inova Business School), atualmente cursa Programa Avançado em Data Science e Decisão (Insper). É desenvolvedora da Muquirana Seguros Online, Maior Tira-Dúvidas Gratuito sobre Seguros da Internet e da Youcons, plataforma inteligente de consórcios; Diretora comercial na DM4 Corretora de Seguros; Professora na extensão universitária em Direito e Economia da UNICAMP.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *